4 de janeiro de 2009

Livro- Vida indefinida: Capítulo 7

Capítulo 7- O domínio dos nerds

O tempo no hospital passou depressa. Minha irmã flertava com o médico, meus pais ficavam chorando de felicidade, pelo fato estar vivo. Minhas tias me visitaram, meus amigos trouxeram livros e filmes e Packet veio me visitar para ver como estava seu herói. Conversamos sobre música, filmes, livros, escola e outras coisas. Claro que metade das coisas que ela falava eu gravava e a outra metade eu só ficava prestando atenção em sua beleza e voz.

Ao chegar a minha casa, entrei no computador e conferi os meus e-mails. Tinha um de Stall, avisando que ele chegaria daqui duas semanas. “É verdade” pensei. As férias de inverno estavam chegando e eu não tinha estudado para as provas. “Ninguém merece” pensei de novo. “Sofri um acidente de carro, fiquei no hospital e ainda tenho que estudar para as provas". Estudei a noite inteira, porque vi em e-mail de Gabriel me avisando que haveria prova de História no dia seguinte.

Acordei, mas ainda era cedo, então me arrumei todo para ir à escola. Deixei meu cabelo para cima, mesmo ele sendo grande, coloquei um blazer marrom claro, uma camisa cinza, um jeans azul escuro e um sapato redondo, já que os pontudos me incomodam. Preparei um bom café da manhã, com suco de laranja e pão frito. Peguei meu material escolar e fui para escola.

No ponto do ônibus comecei a pensar: “O que será que vai acontecer na escola? Briguei com um dos meninos mais populares da escola e fiz o outro ir para a cadeia. Hoje não era o meu dia”. Mas estava enganado.

Ao entrar no ônibus todos ficavam olhando para mim em total silêncio, até os “dominadores”. Sentei ao lado de Carmen.

-Você não sabe a sorte que tem!- ela me disse com uma voz de felicidade.

-Não se preocupe... Ser atropelado por um ônibus e brigar já esta bom para mim- falei sarcasticamente.

- Por isso mesmo!- ela respondeu- Sua briga tornou você uma das pessoas mais populares da escola e a prisão de Vicktor e a briga de Chuan destruíram a reputação dos dominadores e patrícios. Agora todos os nerds estão comentando como podemos nos tornar os novos “dominadores”. E você esta lindo! Por quê não se arruma sempre assim?

Gabriel entrou no ônibus e o mesmo silêncio e olhares começaram.

- O que esta acontecendo?- ele perguntou.

-Todos estão com medo de Bellks- respondeu Carmen- Após a briga, todos os “dominadores” ficaram calados e ficaram com medo do que Bellks poderia fazer com eles.

-Me engana que eu gosto- respondeu Gabriel com uma voz de que isso era inacreditavelmente possível. Mas era e ele percebeu. Os “dominadores” e os “patrícios” olhavam para nós com muito medo e os nerds com muita afeição.

O ônibus parou e Juliet entrou correndo e sentou ao lado de Gabriel.

-Meu Deus! Sou a menina mais popular da escola finalmente!- disse Juliet baixinho e com um tom de felicidade eterna.

-Por quê?- perguntou Carmen.

-Porque eu estava no baile com Bellks e todos pensam que estamos namorando- ela respondeu, mas não num tom de apaixonada, mas num tom muito claro para mim: uso. Juliet aproveitaria qualquer chance para ser a menina mais popular de toda a escola.

-Mas isso não é verdade- respondi para ela- isso vai acabar...

-Depois conversamos- ela me interrompeu- chegamos à escola.

Tudo mudou. Estávamos sendo aclamado por todos os “nerd”s e alguns “patrícios beta”. “Os “dominadores” e os patrícios alfas” estavam reunidos num grupo menor e sem “bajuladores” por perto. As brigas contra os nerds acabaram de vez. De repente vi uma coisa linda vindo em nossa direção. Packet veio até nós.

-Está pronto para a prova?- ela perguntou com certo medo em sua voz. Ela não tinha feito nenhuma prova da nossa escola antes.

-Estou- respondi com total confiança em mim mesmo que eu não tinha.

Mas a prova foi fácil no final de tudo. Talvez pelo estudo, talvez pela confiança. As semanas na escola foram as melhores possíveis. Quando chegava à fila do almoço, todos os “dominadores” se afastavam com medo. Na educação física era um dos primeiros a ser escolhido, algo que nunca me importei. Packet tinha as mesmas aulas que eu e ficávamos trocando bilhetes sobre possibilidades de ir a praia ou ir ao cinema com todo o grupo. Os professores pararam de ser chatos e começaram a dar aulas mais divertidas e dinâmicas. Acabei me tornando algo que sempre detestei: um “dominador”. Mas isso não me importava nenhum um pouco, já que não era um "dominador" sem cérebro algum e com muita malícia em mente, ao contrário de Juliet. Ela aproveitou tudo, até o banheiro que antes era proibido pelas meninas "dominadoras" que agora era gerenciado por Carmen. A semana foi tão boa e corrida que numa janta minha mãe disse:

“Stall chega amanhã” disse minha mãe.

A espera acabou.

Em breve: Capítulo 8: De volta aos amigos

As atualizaçãoes do blog são feitas no seguinte site:

http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs.aspx?cmm=7916087&tid=5264814840367889101&na=4

Um comentário:

FM disse...

Legal essa reviravolta no colégio.

Continua bom !!