11 de fevereiro de 2009

O Leitor- Ouça a história, guarde o segredo


         Eu gostei/ adorei o filme "O Leitor", mas não sei como posso descrevê-lo: o filmes parece simples, pelo menos para mim.
Claro que a trama é muito boa, com você falando "Nossa!", "Ela não vai fazer isso", "Por quê ele não faz algo?". Deve ter sido um dos filmes que mais tive interação, positivamente, na minha vida (negativamente, por enquanto, continua sendo O Iluminado).

        A atriz Kate Winslet esta muito boa neste filme (melhor que em "Titanic", que devo ser a única pessoa que acha o filme regular), mas não posso dizer o mesmo sobre o ator David Kross, que esta bem abaixo do que esperado para a trama deste filme e o mesmo pode se dizer de Ralph Fiennes, sendo assim a personagem Hanna a estrela do filme.

        A história é simples: um menino jovem (Michael) começa a ter um caso com uma mulher bem mais velha (Hanna). Quando os dois se encontram na casa de Hanna, Michael lê para ela muitos livros, sendo Michael o "leitor", sendo este o significado do filme. Nisso se passam vários momentos como de tristeza, amor que se encontra em qualquer filme de amor forte (nada que você encontre em filmes bobos de comédia romântica). E para acrescentar o filme tem partes da II Guerra Mundial.

        Mas então, se o filme é parecido com qualquer BOM romance, o que ele tem de especial? O segredo. A personagem de Kate, Hanna, tem um segredo, o qual ela não conta para ninguém, nem mesmo para o seu amado, que acaba descobrindo no final, e mesmo no pior momento no tribunal, no qual ela é acusada de participar de acontecimentos nos campos de concentração, ela não diz o segredo.

        Claro que a personagem trás dois temas principais: vergonha e vontade. Vergonha pelo segredo que guarda e a vontade de conseguir derrotá-lo. O personagem Michael não se pode dizer o mesmo. Ele parece mais do tipo "sou se amor" e um covarde. Ele é um covarde de uma cena não falar com Hanna quando está presa e a cena do tribunal que ele não faz nada que da muita raiva.
        O filme "O Leitor" trás a bela Kate num de seus melhores papéis (na opinião deste mísero ser) e trás um belo drama e trama.

OBS: NUNCA coloquem muita pressão num filme e confiança. O filme pode ser bom e você acaba achando ele regular, ou até mesmo odiá-lo.

2 comentários:

Luciano Carneiro disse...

É um bom filme, não há dúvidas, mas ele não me tocou. Não o senti. Pra mim, a Kate ta trimelhor em Foi Apenas um Sonho.

FELIPE G2 disse...

Sim, o filme realmente é muito bom, mas concordo com você Luci...ano: o filme não é algo marcante.