16 de fevereiro de 2009

Xenofobia- Se eles querem nos expulsar...faremos o mesmo!



        Este quadro acima mostra um sarcasmo: este país trata as pessoas como iguais e dão maltratos como iguais.
        Então, acho que vocês souberam ou não sobre o ataque à brasileira Paula Oliveira. Se você não sabe eu te conto um resumo: uma brasileira de 26 anos, advogada, sofreu um ataque de skinheads (os "neonzistas" que adoram matar várias pessoas, de estrangeiros à homossexuais) numa estação de metrô na Suíça. Isso que eles fizeram foi um preconceito chamado xenofobia.

        Em O Silêncio de Melinda o professor pergunta para a sala o por quê do filho dele não conseguir um emprego, já que a família está há 200 anos nos Estados Unidos. Os alunos dão idéias, entre elas que o filho do professor é vagabundo. Quando começa a discussão, o professor decide cancelar o debate. Nisso um aluno levanta e fala para o professor que ele está sendo preconceituoso e xenofóbico, ou seja, preconceituoso contra os estrangeiros.
        Os estrangeiros são parte da população e temos que aceitar isso. Será que realmente teremos que voltar ao tempo no qual minha professora de história era um bebê (brincadeira Dirce) na Grécia Antiga, época a qual o estrangeiro não era considerado um cidadão? E mais: normalmente quando uma pessoa vira um imigrante, que tipo de trabalho ela fará? Que trabalho os italianos fizeram no Brasil quando houve uma grande imigração? Simples: muitos, se não forem todos, trabalharam em fazendas, ou seja, trabalhos braçais e forçados, algo que os nacionalistas não se atreveriam a realizar.
        O pior, neste caso da advogada, não são os neonazistas (como isso é possível?) o pior é o governo aceitar esse comportamento e pior ainda: apoiar! O SVP, que é o Partido do Povo Suíço, apoia a ideologia do anti-imigrante (olha a imagem ao lado, mostrando que somos as "ovelhas negras"), já que existe a possibilidade de que este cargo poderia estar sendo ocupado por um suíço.


        Se eles querem expulsar os estrangeiros, o Brasil não pode apenas ficar parado (como fez com o caso da hidrelétrica no Paraguai e aceitou um novo contrato [burros]) e temos que agir. Se eles querem fechar a porta para nós, nós fecharemos também nossa porta para eles. Isso, com certeza causará um distúrbio na economia e até mesmo cultural entre as duas metrópoles, mas não podemos deixar que este ato contra nós seja levado em vão. Afinal, o que teria acontecido se fosse você? Você gostaria de ter o quê? A resposta é simples: justiça.

2 comentários:

FM disse...

Tb achei ridículo.


Se fosse o contrário já teria autoridades da Suiça aki exigindo punições.

FELIPE G2 disse...

Verdade FM
Acho que o Brasil é o único país que esta pouco se importando (para não dizer uma palavra chula) para os brasileiros fora do Brasil. O Brasil a muito tempo tem se tornado cada vez menos patriotado (nem sei se isso existe).