29 de junho de 2009

17 OUTRA VEZ- Mathew volta a adolescência enquanto Efron começa a crescer


Se você é uma pessoa que espera que o filme 17 Outra Vez trará o personagem que é o capitão do time de basquete, o adorado pelas garotas, o garanhão da escola e sedutor, resumindo, todo papel que o ator Zac Efron da franquia High School Musical faz, bem você está quase certo. Se você quer assistir este filme por causa de Mathew Perry, o Chandler da famosa série televisiva Friends, então neste caso você deveria pensar duas vezes.

Na escola (Zac Efron) era o menino mais famoso da escola e jogador do time de basquete (será que já não vi este filme?) e tinha tudo para se dar bem na vida. Porém, sua namorada diz que está grávida e Mike muda toda a sua vida. Agora mais velho, Mike (Mathew Perry) odeia sua vida. Ele não conhece seus filhos, sua mulher pede o divórcio e ele está muito mal no trabalho. Depois de cair numa ponte, ele volta fisicamente para os seus 17 anos e tenta mudar sua vida.

Se você quer ver este filme por causa do Mathew Perry, como disse antes, é melhor pensar duas vezes. Eu disse duas vezes? Pense muitas vezes porque o ator aparece durante todo o filme cerca de 15 minutos ou 20 minutos no máximo. Claro que você consegue rir nesse pequeno período que ele aparece, mas se você quer realmente ver o Perry eu te recomendo O Triunfo que é um filme mais sério com o ator. Hoje o ator está cada vez mais sendo afastado de bons trabalhos e seu talento sendo jogado fora. Espero que 17 possa trazer um pouco de sua fama de volta.

Agora vamos falar do astro do filme Zac Efron. Sim, Efron está novamente na pele de um menino popular e blá, blá, blá, porém sua atuação está melhor. Ele não está mais com cara de "querida me aceite porque eu sou assim" e "nossos sonhos podem se tornar realidade" de High School Musical. Efron está bem no papel de Mike. Em muitas cenas você ri com o personagem e até mesmo com as feições do ator. Me surpreendeu, afinal eu não esperava nada do ator, pelo contrário, pensei que ele seria uma catástrofe.

Aliás tenho certeza que o filme não virá com uma faixa etária livre nos cinemas brasileiros (coitadas das crianças fãs do ator [sarcasmo]). Saibam que o filme fala de coisas como sexualidade na adolescência (e aulas de), camisinha, ter um bebê (na adolescência), namoros, entre outros. Mas embora o filme fale de tudo isso, o filme torna o assunto numa infantilidade. Pra começar, eles não gostam de usar a palavra gravidez e sim teremos um bebê, para ser mais leve e não parecer tão sério. O filme também mostra aquela cena clássica da menina que o namorado pede para fazer sexo e desiste de última hora (lembra daquele filme com o Mel Gibson?) e o namoro termina.

Mas o filme mostra uma coisa que eu acho bem legal e que minha tia fala muito. Nos dias de hoje, meninos jovens (como se eu fosse velho) ficam com as meninas e depois ficam se gabando para seus outros amigos e começam a fazer disputa para ver quem pega mais "mina". Porém a realidade é outra. Não foi o menino que pegou a menina e sim a "mina" que pegou o menino. Vemos isso claramente no filme numa cena em particular na qual três meninas dão em cima de Mike (Efron). Enquanto Mike diz para as meninas para imporem respeito sob elas mesmas (dando um sermão de pai), elas dizem que não queriam ficar com o respeito, mas queriam ficar com ele. Uma na verdade diz que se ele quisesse nem precisava lembrar o nome dela. E é isso que está acontecendo hoje. Na verdade se o filme mostrasse mais esse lado de como as meninas estão hoje (Não são todas) que gostam de beber até cair, ficar com um cara que seja pior influência possível, que gostam de, vamos dizer assim, "altas aventuras", talvez o filme fosse mais interessante.

Entre essas e outras, até que 17 Outra Vez não é um filme ruim, com atuações boas, entre elas a boa atuação da atriz que faz a mulher de Mike (Leslie Mann) o filme até que é simpático, porém ele entra naquela mesma lista de filmes repetidos, na qual estão filmes como Sexta-Feira Muito Louca, De Repente 30, Quero ser grande (1988), na qual pessoas querem envelhecer ou rejuvenescer. Entre esses, acho que o melhor seria Sexta-Feira Muito Louca e o pior, sem dúvida alguma, seria De Repente 30. Eita filme chato, sem criatividade e sem graça. Se você tem medo de filmes que estão nesta mesma lista, espere 17 sair em DVD (ou não né?).

10 comentários:

FM disse...

Vou esperar o DVD.

FELIPE G2 disse...

Você tem medo dessa lista de filmes, FM?

Mirella Santos disse...

vai ser o jeito esperar o Dvd(já te falei que meu irmão que paga cinema pra mim?!) pois é e quando ele paga ele mesmo escolhe o filme e agora ele cismou que quer ver Transformers 2, então nada de Zac Efron por enquanto

FELIPE G2 disse...

Nossa seria tão bom se minha irmã pagasse meu cinema... seria uma economia. Soube que Transformers 2 é um lixo. Até meu amigo que adora efeitos especiais falou que o filme naum vale nada...

Marina Luscher disse...

posso ser honesta?!
se pudesse dar uns pega no efron tb não exigiria muito respeito não...
hehehehehe
ia ser mais como um bônus.

FELIPE G2 disse...

auhauhauahuaahauh
tudo bem, essa é a sua opinião. Eu faria a mesma coisa com a Jennifer Anniston...

Isabela disse...

Cara, vc não tem noção de como eu to feliz agora...pode até ser que vc não tenha elogiado o Zac demais, mas só de falar q ele te surpreendeu, já ganhei meu dia...já é meio caminho andado! rs
eu queria muito q o marcelo também visse o filme, pq pelo q entendi, as pessoas estão realmente mudando suas opiniões...quem sabe ele não muda tb? e FM, deixa de ser pão duro e vai no cinema!!
sério, estou muito satisfeita =)
e mal posso esperar pra ver o filme!

Elisa Duarte disse...

Se vc quiser assistir um filme q tenha lição de moral ou algo mais, não assista 17 OUTRA VEZ .. Mas se vc quiser se entreter num dia q não esteja fazendo nada, vá ver 17 OUTRA VEZ. Eu sei, o filme é clichê, o fim todo mundo já sabe sem mesmo ter assistido antes, então, só vá ver esse filme se vc não tem nada de bom pra fazer ...

Eu nunca gostei de FRIENDS.. Mas nada contra quem gosta. Realmente o Matthew Perry apareceu pouco.. Poderiam te-lo aproveitado melhor... Ponto positivo para Thomas Lennon... O cara é/foi espetacular na hora de fazer comedia sem ser apelativo...

Bem, muitos já sabem... Sou fã do Zac Efron assumida e sim... Eu tinha muita coisa pra fazer no dia 04/07 mas não poderia deixar de assistir. Qdo eu o vi pela 1ª vez em High School Musical deu pra perceber q o garoto tinha talento, mas muita coisa ainda tinha q ser trabalhada... Entre a cara de espanto e de felicidade, o Efron praticamente fazia os mesmos gestos...

Qdo o filme acabou, eu sai do cinema me sentindo mais leve, qse flutuando. Pois a atuação dele ali exigiu outras caras, outros gestos além de dançar e cantar. Foi um outro Efron q vi. Um Efron maduro, com sua voz firme, com sua cara de espanto qdo tinha q ser, com cara de bravo qdo tinha q ser, com cara de ciúmes qdo tinha q ser, com cara de pai q ama e protege seus filhos, com cara de apaixonado pela esposa, com cara e voz de choro... Ah, no cinema só se ouvia “ohhhhhh” ou “snifs” na hora mais triste do filme... Com cara de sedução para a esposa (nossa, eu tenho q comentar q qdo um critico falou sobre o Efron atuando em “Me And Orson Welles” e q ele disse q o Efron só estava lá pra dar orgasmos para mulheres, eu não acreditei... Eu não estava preparada para cara de irresistível dele pra esposa... Não foi um orgasmo q senti, mas tenho q confessar q um leve gemido eu soltei... E olhar ele não fazendo um esforço pra ser sexy acaba com qualquer mulher... aff)

Resumindo, em 17 OUTRA VEZ, deu pra perceber q o Zac não é só mais um “rosto bonitinho” nas telonas.. Ele tem mais o q mostrar, é só pegar as oportunidades certas...

Ps: desculpe pelo gde desabafo :D e Luciano, parabéns pelo blog ;D

Até uma proxima :)

Isabela disse...

Elisa, esse blog é do felipe...luciano é o amigo dele, do outro blog...rs

Elisa Duarte disse...

Mas q droga... :P Eu pensei no Felipe e escrevi Luciano... Mas são tudo blogleiro, não? rsrsrs Valeu Isa e desculpe Felipe! :D

Tudo de bom galera!