8 de junho de 2009

A CANÇÃO DO SUl- A canção ainda canta


        Ai, ai, nem posso descrever como é bom ver um filme de minha infância, ainda mais um filme desconhecido que não tem em DVD nem em VHS, já que todas as locadoras venderam seus VHS. Aliás, defendo os lugares que ainda não tenham vendido seus VHS, ainda mais se esse VHS for este ótimo clássico Dinsey: "A canção do Sul".
        De acordo com minhas fontes, ou seja, a internet, este foi o primeiro filme em live-action (com pessoas) da Disney e deve ser um dos primeiros filmes, se não for o primeiro, que mistura desenhos animados com pessoas, afinal não seria difícil o filme ser o primeiro com a mistura de pessoas e desenhos animados porque o filme foi lançado em 1946. Um exemplo nos dias de hoje de filmes com pessoas e desenhos seriam os filmes da franquia "Looney Tunes" e até mesmo o famoso "Uma Cilada para Roger Rabbit".
        Mas voltando ao filme, afinal o post é sobre ele. A história é a seguinte: um menino, Johny (qual outro nome seria? Bob?) vai morar na casa de sua avó com sua mãe após a separação de seus pais. Nessa casa, ou melhor, uma fazenda, Johny encontra Tio Remus, um velho senhor que conta histórias sobre o folclore norte-americano, envolvendo uma raposa, um coelho e um urso, e, Johny começa a aprender com essas histórias.
        Para você entender melhor o filme, uma pequena pausa para história: lembra quando os EUA era divido em Norte e Sul? Lembra que o lado Norte era o lugar de ricos e cidades enquanto o lado Sul era o lugar das fazendas e dos trabalhadores escravos? Bem, se você não sabia fica sabendo agora. O filme então apenas mostra como era a situação do lado Sul dos EUA e nem fala se o filme ocorre antes ou depois da Guerra Civil, a guerra que traria o fim da escravidão.
        O filme fez aniversário de 60 anos e a Disney não relançou, nem passou na televisão, não fez nada. Por que? Porque de acordo com o algumas pessoas o filme é racista. O motivo? O filme mostra com seria o trabalho dos empregados/escravos trabalhando no Sul dos EUA (pego o título do filme?). Se os norte-americanos assistissem alguns filmes brasileiros que se referem do século XVII para o século XVIII eles ficariam surpresos. O filme não fala em momento algum que eles são escravos, que são torturados e ninguém os insulta. Aliás, nem precisamos lembrar que os EUA é um país extremamente preconceituoso. Lembra o país que colocava os negros nos últimos bancos dos ônibus? Lembra dos bairros separados entre bancos e negros? Tudo está nos EUA.
Quer um bom filme para isso? "Ray" e "Hairspray" ( "eca!" meu pai deve estar dizendo).
        Este filme tem atuações boas (tirando a atuação do menino que faz o Johny, algo sofrível), não é musical, embora tenha músicas espalhadas pelo filme, como a famosa música "Zip-a-dee-doo-dah" que ganhou o Oscar de Melhor Música e algumas músicas, cantadas pelos escravos/empregados sobre o trabalho e o dia na fazenda. A história é muito legal e original. Se você mostrar este filme para uma criança, ela aprenderá com as histórias do Tio Remus e ficará com uma imagem gravada na cabeça (ou não) que acontece com o menino Johny e um animal, sem muitos detalhes. "A canção do Sul" é mais um clássico da imensa biblioteca cinematográfica de Walt Disney.

9 comentários:

Del disse...

Vi uma parte desse filme no youtube, mas não tinha a menor idéia que já havia assistido, mas sei que o conhecia de alguma maneira.

Quando vi o filme novamente o "Zip-a-dee-doo-dah" refrescou minha memória.

Esse filme construiu minha infância.

Se não me engano, a Dysney lançou-o para DVD.

FELIPE G2 disse...

Realmente, essa música ficou guardada por muitos anos, mesmo o filme sendo esquecido. Infelizmente o filme não foi lançado para DVD e se foi, foi pelas empresas que passam de VHS para DVD e não um lançamento oficial de DVD...

Del disse...

Que estranho, li a notíca até sobre o lançamento de Blu ray do filme

http://www.songofthesouth.net/news/index.html

FELIPE G2 disse...

Ah, mas ai sim ficaria explicado, porque seria lançado ano que vem, porque por enquanto não tem previsão, e, lembre-se de que isso é um rumor... Seja Bem-vindo!

Del disse...

kkkkkkkk agora que fui ver não é nem rumor, é mentira mesmo.

No própria postagem fala "April's fool day" - Dia da mentira.

Que desatenção

Felipe Borges disse...

Gente! Esse filme fez minha infância! Eu era daquelas crianças que assistem a mesma coisa 387642387 vezes e esse sempre foi meu filme predileto. Bateu uma saudade agora.... =/

Alguém sabe de algum lugar pra baixar?

Felipe Guimarães disse...

Del, pois é! Americano é pior que brasileiro no 1o de Abril!

Felipe, encontrei o filme numa comunidade do orkut! Acho que ainda está lá!

sergius disse...

FELIPE BORGES BAIXEI NO ARES

NoTToN disse...

Cara eu me mlembro desse filme, que otimo ver ele aqui, eu ja procurei na net, porem eu não lembrava o nome dele