23 de junho de 2009

UMA NOITE NO MUSEU 2- Balas, filme e sono


Finalmente estou de férias! Sim, finalmente e parece que não peguei nenhuma recuperação, tudo depende de uma pergunta, se o professor a considerá-la. Bem, como estou oficialmente de férias, nada melhor do que... VER FILMES! Então fui na locadora e aluguei cinco filmes, que provavelmente serão os cinco filmes dos quais eu falarei na semana, e claro, tem outros filmes aqui em casa que ainda não falei no blog, como por exemplo, o Guerra Dos Mundos (o coração da Mirella deve ter pulado agora). Mas como estou prestes a reformatar meu computador eu tinha que ver os filmes que estavam dentro dele primeiro. Então eu deitei na minha cama com uma saco de 7 Belo assisti Uma Noite No Museu 2.

A história: Ben Stiller vive novamente o guarda noturno Larry Dales, porém agora o guarda noturno está podre de rico e tem uma empresa. Quando Larry descobre que algumas peças do Museu de Nova York (este não é no nome do museu, mas só para saber onde fica) estão sendo levados para o Smithsonian (um museu de Washington) ele tenta impedir, mas não pode fazer nada. Numa noite, quando ele recebe uma ligação de um de seus companheiros pedindo ajuda, Larry viaja rapidamente para o Smithsonian para ajudar os amigos.

Comecei a assistir o filme ontem de noite. Comi várias balas e fui assistindo o filme. Ai veio aquele sono, algumas piscadas, mas mantinha a atenção. Novamente veio algumas piscadas e aquele sono, porém me mantive firme. Mas não aguentei. Veio o sono e mais e mais e mais piscadas e acabei capotando de sono e só descobri isso quando acordei hoje, mas tudo isso tem um motivo: Museu 2 não tem nada que possa oferecer.

A história está repetida e sem um pingo de originalidade. Tudo bem, agora temos novos personagens. Aproveitando e falando dos novos personagens, falarei dos quais eu gostei: Amelia Eahart (interpretada pela ótima Amy Adams), o polvo (achei ele muito cômico. Só eu para achar essas coisas), Abraham Lincon (é legal, gostei) e os pequenos Einsteins (adorei!), só. Os vilões (e suas falas) são muito forçadas, principalmente Bonaparte e o Kamunrah (interpretado pelo péssimo Hank Azaria. O sotaque dele é engraçado [e forçado], mas a atuação dele é péssima).

E uma coisa: lembra da cena do primeiro filme que o Ben Stiller leva um monte de tapas de um macaco, chamado Dexter? Pois bem, como sequencia, o filme obviamente não poderia esquecer da cena e colocou ainda mais um macaco para causar, como diria assim, comédia. Mas o que conseguem é nada mais nada menos do que o ridículo.

Aproveitando e falando em cenas: eu não gostei, na verdade eu detestei, as últimas cenas do filme e o desfecho do museu de Washington. Não sei você caro leitor, mas fiquei com uma cara de "É isso? Sério? E o pessoal de museu Washington? Que droga!". A cena final (final mesmo) também é horrível, lembra muito o final do filme Homem de Ferro. Sabe aquela coisa de mistério e segredos? Pois bem, assista o final do filme. Me decepcionei com aquele final, para não falar outra palavra (Fiquei muito p** da vida).

Entre essas e outras, acho que Noite No Museu 2 é, vamos dizer assim, um filme descartável para que assistiu o primeiro filme e para uma pessoa que não tenha mais de 10 anos de idade. Sério, quando eu tinha sete anos de idade eu já assistia filmes do mesmo tipo que O Senhor dos Anéis, ou seja, filmes nada inocentes. Seria tão bom se as crianças de hoje gostassem dos antigos clássicos Dinsey e filmes, vamos disser assim, "fortes" para a idade delas, invés de assistir Transformers (no caso dos meninos) e ficar com a mesma cabeça dura que o meu primo (e meu pai, cof cof): o filme tem que ter luta, sangue, ação, sangue, aventura, sangue e mais sangue. E o pessoal acaba esquecendo o mais importante de um filme: sua história.

6 comentários:

FM disse...

Gostei muito do primeiro... Mas pelo trailer já previa q esse filme seria mais do mesmo.

Espero q não pensem num terceiro.

FELIPE G2 disse...

O primeiro até que é legal, eu gostei, a história foi bem original, mas essa continuação...

Mirella Santos disse...

Vou falar a verdade, eu nem li essa postagem (pq não gosto do filme) até ver meu nome nela e quando vi aí sim meu coração pulou, pensei: O quê que eu já fiz?! Rsrsrs, bem já concordo com vc que as histórias dos filmes já estão esquecidas e nem me lembre de Transformers, tipo eu vi os Simpsons e Tranformers em seguida no cinema e ainda achei melhor os Simpsons, ah e esse filme Uma Noite no Museu ele é totalmente sem graça em algumas cenas raríssimas ele é engraçado (o meu amigo ainda inventa histórias mais engraçadas que essa) obs: olha vou te fazer uma pergunta meia estranha, mas tem que ser, quanto tempo vc vai ter de férias? depois eu te explico o pq

FELIPE G2 disse...

Mirella: Ficarei 30 dias de férias. Realmente Uma Noite No Museu é sem graça, tendo algumas cenas engraçadas. Com certeza O filme dos Simpsons é melhor que Transformers...

Luciano Carneiro disse...

Acabo de ver no cinema, e, juro, não podia imaginar que era tão horrendo. O primeiro era fraquinho, mas inofensivo, engraçadinho. Prefiro nem comentar sobre essa sequencia...

FELIPE G2 disse...

Eu deveria te falar: "Eu te avisei?". Acho que sim.
EU TE AVISEI...