16 de julho de 2009

HARRY POTTER E O ENIGMA DO PRÍNCIPE PARTE 1: Harry como um filme


Pois é pessoal, eu não poderia perder um dos filmes mais esperados (inclusive por mim) do ano, além de ser a saga mais famosa que o sistema cinematográfico já viu. Bem, deixa eu parar de falar e explicar como isso vai acontecer. Como vocês viram essa é a Parte 1. Lembra quando eu dividi a crítica de DragonBall em duas críticas? Bem, talvez esta seja três partes: a primeira parte falará sobre o filme como um filme (oh!) e a segunda parte (que ainda não sei se terá duas partes ou apenas uma parte gigante cheia de spoilers [explicações sobre o filme]) falará do filme como uma adaptação do livro. Como estarei viajando as postagens ficaram programadas, inclusive a de comemoração de 10.000 visitas. Mas não se preocupem, senão me engano eu volto domingo. Mas vamos ao filme que é o que nos interessa.


A história desse sexto filme é sobre a adolescência do grupo e sua evolução, principalmente nos hormônios, ou melhor traduzido, amor. Sim, o principal foco desse filme é o amor. Mas ao mesmo tempo que o filme se foca no amor, o filme se foca na volta de do Lorde das Trevas (Vodemort) e como isto está afetando à todos, e, recupera a infância de Tom Riddle (Voldemort) para descobrir como derrotar o bruxo das trevas. Nisso, o filme talvez seja o mais sombrio da série, mesmo com o amor e a inveja embutida nele.


O filme é muito bom (COMO FILME! COMO FILME! COMO FILME! CALMA! NÃO JOGUEM PEDRAS! POR FAVOR!). Atendam meu pedido e prestem atenção em cada palavra que eu digo (ou no caso, escrevo). Eu fui bem claro? Tudo bem, continuando. Não é o melhor filme da série como todos dizem (falaram que o quinto também era o melhor, mas a verdade é que é um fiasco), mas ainda sim é um filme muito bom da saga, e, se você está preocupado com as cenas que foram adicionadas não se preocupe, porque as mesmas duram segundos. Mas uma cena que ficou legal foi a cena da "batalha" (batalha entre aspas porque não tem nenhuma luta) na A Toca. Não a cena em si, mas sua consequencia (aut!).


"Mãe eu quero ver um filme cheio de magia, fadas vuando (proposital, é uma criança que aprendeu a falar recentemente), bruxos, magia"... CORTA! Se você pensa que o filme será mágico como os dois primeiros, lamento falar que nem tudo gira em torno de elfinho feliz. Harry Potter e o Enigma do Príncipe é mais obscuro, cheio de drama e cenas, vamos dizer assim, fortes (forte para a saga), como o exemplo da cena da caverna, o que acontece no final da "batalha" na A Toca, e, a cena na torre.


As atuações também estão muito boas. O grupo cresceu e vemos os atores melhores do que qualquer filme da saga. Exceto a Emma Watson (Hermione). Para minha pessoa, ela sempre parece muito falsa. Quando alguma novidade acontece ela simplesmente fica com uma cara de "Nossa estou chocada? OH-MY-GOD (só falta o Chandler Bing e a risada da Janice)". Simplesmente não acredito nesta menina. Mas uma coisa que eu queria e que faltou neste filme: lembra de como Ordem da Fêninx se focou nos outros amigos de Harry, além do trio? Pois é, isso se perde neste filme, o que é uma pena porque eu adoro a Luna (foto ao lado) e sua atriz. Essa tem talento.


Mas dos novos personagens do filme, e, de todos os personagens do filme, quem rouba a cena mesmo é o Professor Horácio Slughorn (Jim Broadbend). O ator com certeza se empenhou no personagem. Não existe uma pessoa que possa reclamar de sua atuação, porque ela está ótima. E personagens que eu gosto, e que graças ao bom Merlim (Deus aqui não pode ser, né?) receberam mais cenas foram a Belatriz (Helena Bonham Carter) e o Snape (Alan Rickman). Na verdade, não sei como o Alan Rickman ainda não conseguiu um Oscar. Ele é muito bom! Espero que ele ganhe uma atuação de Melhor Ator Coadjuvante neste filme. Ele merece. E a Helena é ótima como a Belatriz. Minha irmã odeia, mas eu adoro ela, o jeito nela, simplesmente tudo na atuação dela.


Com ótimos efeitos especiais, ótima fotografia, com atuações muito boas, com uma boa história, Harry Potter e o Enigma do Príncipe reinventa toda a saga de Harry Potter, desmoronando na inocência e explodindo em realidade, e, espero que o filme partice do Oscar ndo ano que vem. Quem sabe uma indicação surga para Alan Rickman ou Jim Broadbend? Agora, se você quer saber o que eu achei do filme como uma adaptação e só tenho o seguinte a escrever: espere e verá.

8 comentários:

FM disse...

Pra mim esse é mesmo o melhor da série...

Analisando só como filme, achei q faltou emoção na cena da morte... Além de algumas incoerências (da primeira vez q Harry vê Belatrix ele sai q nem um louco... depois ele fica lá.. parado e olhando para ela) Faltou muita explicação... A começar pelo título... Pq Príncipe Mestiço??? Outra coisa... Para que Malfoy fica o filme inteiro consertando o armário?? Para os comensais quebrarem o refeitório?? Como um corpo cai do alto de uma torre e fica intacto ??

Sobre a atuação... Realmente... Jim estava fantástico !! Demorei para reconhecer q ele era o Ziddler de Moulin Rouge 0.O Isso mostra q ele muda mesmo com o a personagem. O Snape manda bem, mas o papel dele é muito pequeno para ele ser indicado a um Oscar.

Agora achei q faltou emoção !! Cadê a raiva de Harry contra Snape? Cadê o Snape furioso ao ser chamado de Covarde?? E aquelas caras do Roni já não funcionam mais desde o segundo filme.

Gostei do foco mais adolescente nos romances, mas infelizmente esse foco fez o final ficar corrido demais... Deixo as outras críticas para o próximo post.

Leh disse...

FM.. se vc leu o livro com certeza sabe por que ele estava concertando o armario .. senaum leu .. leia... a mesma coisa pelo fato do harry ter ficado parado quando viu a Belatriz

Naumt endo lido o livro realmente a cena naum faz sentido
;D

Mirella Santos disse...

eu só posso que esse não é o melhor filme da série até porque o prisioneiro foi bem melhor, no prisioneiro o diretor pegou uma história que não tinha tanta ação e transformou num filmaço, mas o FM tem razão faltou muitas explicações no filme e faltou emoção, o quê que foi aquilo sei que o Alan Rickman e o Dan Radcliffe podem fazer muito melhor que aquilo, eu to pasma que vc tenha gostado do filme, nem quem nunca leu o livro não gostou. Tudo bem as cenas acrescentadas foram até boas, mas fazer piadinhas fora de hora foi um tanto ridículo, como a hora em que o Rony acaba de acordar quando foi ressuscitado do envenamento, no livro o Harry ta desesperado e é de se desconfiar até do prof Slughorn.... tudo bem tem muita coisa sobre Harry Potter e o enigma do príncipe que eu gostaria de falar, mas o comentário vai ficar gigantesco....
um cena que adorei foia da catia bell(totalmente exorcista)

FELIPE G2 disse...

Pois é FM, muita coisa ficou faltando. A desculpa do diretor foi que ele não queria fazer um filme muito dark, e, esse é um dos mais darks (ou seja, desculpa esfarapada de um PDADHP.

O papel não é muito pequeno para ganhar um Oscar, a mulher que foi indicada por "Dúvida" como a mãe do garoto ganhou uma indicação e ela aparece por 5 minutos.


Le, essa foi a intenção do diretor, ele queria agradar os fãs sem explicar algumas coisas, mas claro que ele apenas fez mais uma burrada.

Mirella, O Prisioneiro um bom filme? Sinto muito, mas transformar um livro dark numa comédia total é sem dúvida uma palhaçada para minha pessoa. Imagine só se um filme do Sthephen King fosse transformado em comédia? Mas gosto não se descute.

A atuação desse filme está bem melhor, principalmente o Dan. Meu, ele no HP4 chorando por causa da morte do Cedrico foi ridícula, essa pelo menos paredceu um pouco mais sincera.

Não é verdade o que você disse Mirella, o FM achou o melhor de todos, e, senão me engano, ele não leu os livros.

Mirella Santos disse...

ah, FM foi realmente um caso a parte, só no dia conheci umas cinco pessoas que não leram e não gostaram do filme eu tenho amigos que aconteceu isso... mas deixa isso pra lá já deu pra perceber que temos opiniões totalmente diferentes sobre HP e não vai adiantar muita coisa fik falando,falando, falando...

FELIPE G2 disse...

uahauhauhauah
Pelo que tem num site chamado Cineplayers, a maioria das pessoas gostarm do filme, tanto que o filme está com um nota bem alta em comparação dos outros filmes (ele está com note 8 )

FM disse...

Eu li sim...

Já li todos os livros de HP... Minha ex-namorada é fã da série e me obrigava a ler !!! uahauhuhau Mas não que eu ache ruim.

FELIPE G2 disse...

uahuahuahua