4 de julho de 2009

Livro III- Capítulo 5

Capítulo 5- Briga entre casais

Todos estavam dentro de um novo quarto do novo hotel “Segunda Parada”. Havia três camas, todas beliches. Dentro das cobertas de uma das camas de cima do beliche estava Bellks, ainda inconsciente. Porém, todos seus amigos estavam conscientes, e como.

-Você não liga mais para mim- disse Gabriel para Carmen.

-Você está insuportável- disse Juliet para Stall.

-Eu não ligo mais para você?- perguntou Carmen para Gabriel.

-Sim, eu vejo como você olha para ele- disse Gabriel- você quer ele de volta não quer?

-Quem?- perguntou Carmen.

-Você está ficando cada vez mais egoísta- disse Stall para Juliet.

-Eu que estou egoísta?- disse Juliet- você que não para de reclamar que não gostaria de estar aqui.

-E você gostaria de estar aqui?- perguntou Stall.

-Sky- disse Gabriel para Carmen- você ainda quer ele não quer?

-Não posso negar que existe um desejo- disse Carmen- afinal ele também foi meu namorado.

-Mas quem é seu namorado agora?- perguntou Gabriel- e quem foi seu namorado antes de Sky?Quem foi a pessoa primeira pessoa que fez amor com você?

-Claro que não gostaria de estar aqui- disse Juliet- mas agora entendo porque estamos todos aqui.

-Claro- disse Stall- você tinha que estar por dentro de tudo isso.

-Como assim eu tinha que estar dentro de tudo isso?-perguntou Juliet- apenas agora entendo que temos que ajudar Bellks após cada desafio.

-Como você pode falar isso tão abertamente?- perguntou Carmen com um tom de ultraje para Gabriel. Carmen estava começando a chorar, se sentindo suja.

-Para sua informação- disse Gabriel- Stall já sabe.

-Como?- perguntou Carmen- quando que você falou isso para ele?

-Na casa no campo oras- disse Gabriel- assim que acabamos fui até a geladeira pegar alguma coisa para comer. Vi que Stall estava lá bebendo um copo de água e falei tudo.

-Juliet é mais amiga para mim do que Stall para você e eu não disse nada para ela- disse
Carmen.

-Você sempre se intromete nessas coisas- disse Stall- você é uma intrometida que se acha a melhor.

-Eu não me acho a melhor- disse Juliet- eu sei que sou. Pelos menos sou melhor que você.

-Para falar a verdade- disse Stall- você não beija bem.

-E você não é bom de cama- disse Juliet.

-Então Stall não é um grande amigo para você?- Gabriel perguntou para Carmen.

-Ele é um grande amigo, mas Juliet é mais amiga minha do que ele- disse Carmen.

-Mas para mim não é-disse Gabriel.

-Você não reclamou quanto fizemos- disse Stall.

-Fingir é uma coisa que eu faço bem- disse Juliet.

-Então quer dizer que você não me ama?- perguntou Stall- Quer dizer que tudo isso foi só para me levar até a cama?

-Só os homens podem fazer isso com as mulheres?- perguntou Juliet- se uma mulher faz isso ela é logo camada de vaca, vadia, suja, fácil, não?

Neste exato momento High entrou no quarto com um sanduíche de presunto e queijo na mão. O sanduíche tinha um cheiro muito bom e tinha uma aparência apetitosa.

-Como vocês estão?- perguntou High.

-Você sabia que Gabriel e eu tínhamos feito amor?- perguntou Carmen.

-Fala logo transar- disse Gabriel.

-Você sabia que Stall é ruim de cama?- perguntou Juliet.

-Você sabia que Carmen é uma vadia que ainda está apaixonada por Sky?- perguntou Gabriel.

-Você sabia que Juliet não me ama?- perguntou Stall.

-Como assim eu não te amo?- perguntou Juliet.

-Deu a entender que você não me ama- disse Stall.

- Da próxima vez eu não perguntou nada- disse High se sentando em uma das camas debaixo do beliche e comendo seu sanduíche.

Sky entrou pela porta do quarto.

-Que barulho é esse?-perguntou Sky.

-Leva sua vadia daqui- disse Gabriel.

Paa!

Carmen deu um tapa na cara de Gabriel. Mas não foi um tapa fraco, mas sim o tapa mais forte que ela já deu em toda sua vida. Ela estava chorando de raiva. Seus lábios, suas bochechas, toda sua face estava repleta de lágrimas. Ela nunca tinha se sentido tão suja, tão mateial em toda sua vida.


- Como você se atreve?- gritou Gabriel prestes a bater em Carmen, mas impedido por High e Gabriel.

-A vadia aqui não tem dono- disse Carmen- ela tem vida prórpia. E para sua informação, você não foi o primeiro. Sky foi.

- O que está acontecendo?- perguntou Bellks.

-Vamos- disse Carmen para Sky indo em direção à porta.

-Espere- disse Bellks- alguém me explica o que está acontecendo?

Bellks estava sentado em cima de uma das camas de cima do beliche. Estava com um galo na cabeça, mas não era tão grave. Iria sumir rapidamente. Ainda com um pouco de tontura, Bellks tentou sair do beliche e deu um pulo para frente. Mas perdeu o equilíbrio e bateu a cabeça na parede, perdendo mais uma vez o consciente.

Nenhum comentário: