7 de julho de 2009

SOM E FÚRIA- Pode ser mais do que uma minissérie num futuro, espero



Existem tantos programas na Rede Globo que poderiam ser melhorados. Casseta e Planeta está começando a pelo menos tirar alguns risos e sorrisos agora, mas talvez seja algo repentino. Toma lá dá Cá era muito engraçado no início, porém agora seu roteiro está ficando cada vez mais gastado, tendo que se salvar pelas personagens Bozena (Alessandra Maestrini [suspiro]), Dona Álvara (Stela Miranda) e, agora um pouco menos, mas ainda tenta se salvar com a personagem Copélia (Arlete Salles). Mas hoje a luz apareceu na emissora de televisão e mostrou um bom roteiro numa nova minissérie de Fernando Meirelles (diretor de Cidade de Deus, Jardineiro Fiel e Ensaio Sobre a Cegueira): Som e Fúria.

A história de Som e Fúria é toda volta para o teatro. Oliveira (Pedro Paulo Rangel) é o Diretor Artístico do Theatro Municipal de São Paulo. Bêbado após a estreia (essa nova reforma foi bem no coração) de sua nova peça, Oliveira acaba sendo atropelado por um caminhão. Assim, Dante (Felipe Camargo) se torna o novo diretor do teatro, e, encontra sua antiga amiga Elen (Andréa Beltrão [suspiro novamente]). Entre tudo isso, existe tensão, brigas, teatro, conspirações e a coisa que mais gosto: muito humor negro.

A morte do personagem Oliveira já é puro humor negro. Muitas pessoas quando assistiram a cena em seus quartos, deitados em suas cama e dentro de suas cobertas devem ter ficado chocadas. Eu, no meu colchão e dentro de minhas cobertas, porém na sala, comecei a rir, e muito! As falas são bem boladas, os palavrões são muito bem colocados e as atuações são muito boas (viva Andréa Beltrão! cof cof), tudo muito inteligente. Excelente modo de filmagem de Meirelles, que também participa do roteiro.

Entre essas e outras, tente assistir o próximo episódio de Som e Fúria. Se você perdeu este primeiro episódio não se desespere, daqui a pouco estará tudo no Youtube, aposto. Mas vale a pena ver esta nova minissérie, que se destaca dentre vários programas da Rede Globo, sendo um dos poucos com roteiros inteligentes e bem bolados e ainda com um grande elenco (Regina Casé, Daniel de Oliveira [que aparecerá no próximo episódio] Dan Stulbach, Rodrigo Santoro [que ainda não apareceu também], Débora Falabella [outra que também não apareceu], e muitos outros).

2 comentários:

FM disse...

Infelizmente não deu para ver ontem... Mas hj vou caçar lá no Globo.com e acompanhar a série.

Tb adoro humor negro (quando bem feito, é claro).

FELIPE G2 disse...

Assista FM. Mas eu fiquei muito puto/decepcionado com quarta-feira. Por cauda de dois jogos de futebol, a Globo só passou 15 minutos, invés de 45. Por isso que adoro TV paga.