26 de agosto de 2009

ARRASTE-ME PARA O INFERNO- Os filme de terror estão de volta!

Que delícia! Um botão! Estava morrendo de fome!

Gente, vocês sabem que eu sou um grande admirador de O Exorcista? Se não sabem, fica a dica. É meu filme de terror preferido, mesmo que não me de medo nem susto. Mas tudo no Exorcista é tensão física e psicológica, simplesmente cativante e tenso. Mas isso foi esquecido, não? O único filme de terror bom que teve na década de 90 foi A Bruxa de Blair que foi o único filme que quase me fez borrar nas calças, algo raro. Mas assisti um filme que faz um homenagem para esses filmes de terror da década de 70/80, como Exorcista, O Bebê de Rosemary e cia. Este filme é Arraste-me para o Inferno do Sam Raimi (sabe o diretor de Homem Aranha? É ele).


A história é sobre uma maldição que os ciganos fazem, enfeitiçando objetos, por exemplo. A pessoa que pegar este objeto enfeitiçado será torturada pelo espírito malígno, e, depois dos três dias de tortura será levada para o inferno. Essa maldição ocorre no ínicio do filme com um menino, mas depois acontece com a protagonista do filme Christine Brown. A Christine trabalha num banco autorizando empréstimos. Para mostrar pro chefe que tem pulso firme, ela nega o empréstimo de Sylvia Ganush. O que ela não sabe é que a cigana lhe jogou uma maldição e que a mesma terá que se livrar disso antes de ser puxada para o inferno.

Adorei! Talvez esta seja a maior surpresa do ano pra mim até agora. Não surpresa de melhor filme nem nada, mas é porque eu pensei que o filme seria mais para o lado de O Grito e O Chamado, e quando vejo na tela um filme que faz homenagem aos meus filmes de terror preferidos (tanto que a entrada do logo da Universal foi o antigo e não o novo, o que mostra plenamente que o filme é uma homenagem, sem dizer do título do filme que aparece o fundo preto e o título branco). A adrenalina corria pela minhas veias.


O filme é bem trash no sentido de gosmas saindo da boca das pessoas, moscas saindo e entrando por narinas e bocas (nojo, eu sei), sangue voando para todos os lados, vômitos de barata (adorei), bem Exorcista. O filme ainda tem aquela parte de socos invisíveis dos espítiros, e, a Christine fica girando no ar, e claro, a perturbação psicológica com as ilusões (lembra da dor física e psicológica?). Simplesmente divertido! (adoro rir da desgraça alheia).

Na verdade, o filme não é aquele que quer as pessoas gritando de tanto medo que façam xixi nas calças. O filme quer divertir o púbico. Sim meus caros, diversão. A parte do homem dançando em cima da mesa, a cabra, tudo diversão, humor negro de boa qualidade, sem dizer a parte do "exorcismo" que não é humor negro, mas é empolgação a pleno vapor!


Agora, na parte final, nossa, mais adrenalina impossível! Imagine só estar acontecendo alguma coisa ruim com uma pessoa que você ama e não poder ajudar, tipo ela estar presa e sendo torturada (com você vendo tudo, porém sem a chave para abrir a cela). Foi quase isso no final do filme. Adrenalina pura.


Aproveite que hoje é o dia de pagar mais barato no cinema e vá correndo no cinema assistir Arraste-me para o Inferno, claro, se você for fã do gênero. Meu amigo Luciano não parava de pular de tantos sustos, mesmo que eu dissesse pra ele que teria susto. Tomei susto em apenas uma parte, porém não vou contar em qual. Afinal, seria sem graça avisar vocês, porque o susto vem de repente, sem música ou clima de que acontecerá um susto. Viva Sam Raimi!

3 comentários:

FM disse...

Li hj a sinopse desse filme.

Tb gosto de Exorcista e A Bruxa de Blair.. De resto tenho um pé atrás com filmes o gênero... Acho muito bobo.

Talvez eu dê uma chance para esse filme.

Luciano Carneiro disse...

Uma homenagem muito divertida aos trashs, genero de onde surgiu o proprio Sam Raimi. Escrevi sobre ele no bloguinho: http://cineeeu.blogspot.com/2009/08/alison-lohman-entrando-no-clima-do.html

obs: nao liguem nao, mas to num computador sem pontuacao alguma. rs...

FELIPE G2 disse...

Assista FM! EU gostei, muito!

Luciano, é muito bom, né?