26 de setembro de 2009

AMOR, SUBLIME AMOR (WEST SIDE STORY)- Quase um musical, sublime musical

Levanta essa perna menina! Estamos dançando!

Para conseguir assistir West Side Story (Amor, Sublime Amor) foi quase um sufoco. A primeira vez que assisti eu peguei na tv a cabo, no Telecine Cult, no meio, e ainda acabei dormindo. Depois de um ano, mais ou menos, que lançou o DVD brasileiro (finalmente), meu amigo comprou o mesmo e me emprestou. Primeira vez: assisti e dormi. Segunda vez: assisti e dormi. Terceira vez: assisti e dormi. Quarta vez: terminei de ver.

A história de West Side é sobre um romance entre um americano, Tony, e uma porto-riquenha, Maria. Entre o amor deste casal existem duas gangues rivais, que são exatamente as gangues dos americando (Jets) e dos porto-riquenhos (Shark), ambos lutando pelo seu "território". Uma versão americana, praticamente, da obra Romeu e Julieta, West Side Story ganhou 10 Oscar. Mas acho que isso é um exagero, já que todos os americanos amam West Side.


Olha, o filme para minha pessoa, é dividido em duas partes (caramba, sempre é dividido): a primeira é do início até a cena do baile. A segunda parte é da cena do baile até o final de nossa película. A segunda parte é excelente! Músicas ótimas, coreografias ótimas (adoro America e o baile, simplesmente fantástico) e ainda consegue me tirar boas risadas. Mas a primeira parte? Uma tortura. Os créditos iniciais? Quase quis me matar, ou melhor, lançar o DVD pela janela, se o mesmo não fosse de meu amigo. E claro, não jogaria pela janela. Se fosse meu, guardaria num lugar bem escuro e afastado da minha pilha de filmes.


Mas voltando para West Side, acho que embora a segunda parte seja excelente, a mesma tem os seus defeitos. Acho que o filme, bem no geral, seja exagerado. Claro que, pessoal, era a época do cinema que numa cena dramática a mocinha virava a cara, colocava a mão na testa e falava: "Meu Deus! O que farei agora?", mas nossa! West Side Story vai além! O filme consegue até ser exagerado nas cenas de dança! Um exemplo perfeito é a cena da luta de facas entre Bernardo e Riff. Ó Deus...


Entre essas e outras (opa! Bem antiga essa, hem? faz tempo que não uso), recomendo West Side Story, ou Amor, Sublime Amor (que título brasileiro de...) apenas para as pessoas que realmente amam musicais em suas veias mais saltadas e penetrantes (adoro as músicas Tonight, I Feel Pretty, Somewhere, entre outras, porém essas foram as mais marcantes, além da do baile) . Se eu que adoro musicais de paixão achei o filme exagerado, imagine só uma pessoa assistindo seu primeiro musical e ele for West Side? Essa sim quebra o DVD.

7 comentários:

FM disse...

Comprei West Side Story recentemente.

Para mim é o melhor musical já feito... De longe !!

Não é o meu favorito, mas não dá pra negar que WSS é perfeito na coreografia (que muitas vezes substitui as falas, com louvor)e nas letras das músicas que são inteligentes, emocionantes e divertidas.

Sim, é baseado em Romeu e Julieta em todos os detalhes (amor proibido, cena do balcão, casamento e confusão que leva a tragédia) e é a melhor versão que já feita do clássico de Shakespeare. (Desculpe Moulin =/)

America e I Feel Pretty tb são as minhas favoritas. Tb gosto de Gee, Oficial Krupp, de Maria e de Somewhere.

Mas concordo contigo em relação aos créditos. Achei até que fosse erro do meu DVD.

Luciano Carneiro disse...

Acho um máximo, amo de paixão. Exagerado? Eu não acho. É um musical, pô, e reclaramr que as cenas de luta são dançadas, ao invés de cheias de socos e sangue, é besteira. Adoro-o todinho. E qual outro filme conseguiu coreografar um estupro?

FELIPE G2 disse...

O melhor já feito FM? Sei não, acho que você senti isso porque, como você mesmo disse, comprou recentemente. Quando vi pela primeira vez Mamma Mia! Eu achei um dos melhores também, mas agora vi que só gosto das músicas e de algumas coisas.
Nossa, pensei a mesma coisa: Será que o DVD emperrou?

Luciano, mas só por ser um musical as lutas tem que ser dançadas? Eis ai um garnde dilema: dançar ou não dançar, eis a questão...

Luciano Carneiro disse...

Pra mim ta na cola de Cantando na Chuva e de Cabaret como o melhor musical já feito.

FM disse...

Eu nunca achei Mamma Mia um bom musical. As músicas são ótimas mas o roteiro é fraco e as coreografias são ridículas.

E Cabaret e Cantando na Chuva eu nunca vi.

FELIPE G2 disse...

Luciano, prefiro muito mais Cantando na Chuva e prefiro mais Cabaret...

FM, eu sei, mas acho que toda a energia positiva que o filme passar, faz com que seja bom. Além das músicas, claro...

neguinha disse...

ESTE E O MELHOR MUSICAL JA FEITO NA TELEVISAO. E LINDO! BEM ESCRITO E BEM ATUADO.
PENA QUE NAO TEMOS MAIS OBRAS DE ARTE DESTE PORTE.

MAS COM CERTEZA AINDA IREMOS ENCONTRAR, POIS TEMOS MT GENTE BOA PARA FAZER ACONTECER, E DEIXAR SUA MARCA REGISTRADA, COMO ESTE FILME DEIXOU. DEIXO ESTE COMENTARIO COM GRANDE PRAZER, QUE A MT NAO CONSEGUIA.