27 de outubro de 2009

FILMES RESUMIDOS NUM PARÁGRAFO IV



Roger e Eu é um documentário feito pelo famoso documentarista e o mesmo diretor de Fahrenheit 11 de Setembro, Michael Moore. Embora eu não tenha gosta de Fahrenheit (mesmo apenas assistindo os primeiros quinze minutos) eu adorei Roger e Eu. O pessoal da minha sala, que acompanhou o filme comigo, dizeram o contrário. Confesso que eu dormi, mas é porque eu tive aula antes de assistir ao filme e peguei o filme do meio, e assim, capotar não foi difícil. Vocês sabem que eu não sou muito fã de documentário, mas Roger me impressionou (ainda mais pela capa do filme, que pela capa, pensava ser ruim). Para quem for assistir, saiba que o filme fala sobre o presidente da General Motors, Roger Smith, que fecha uma de suas fábricas em Flint, o que leva a cidade à falência. E saibam de uma coisa: a cena do coelho é muito tensa! Odiei aquela mulher!

O Filho de Chuck passou um dia ai no Telecine Action há muito tempo. Como eu nunca tinha assistido um filme do famoso boneco assassino, decidi assistir. Se aquilo não era comédia pessoal era porque o filme era um lixo. Não, o filme é um lixo de qualquer jeito. É o pior trash que eu já vi! O que é aquela cena final? É uma droga! O filme todo é! Até minha irmã que se caga inteira de filmes de terror (desculpe o modo que eu disse) começou a rir! Ou seja: noite de terror e alugar O filho de Chuck? Not!


Me sinto vergonhoso novamente. Pela indicação do meu amigo Luciano, alugei O Show de Truman. Pessoal, o filme é maravilhoso! Excelente! É uma crítica limpa e ácida sobre as propagandas, a mídia e o modo que ela nos hipnotiza para falar para nós o que é ser feliz ou não, o que é certo ou errado, qual o livro que você tem que ler, qual o macarrão encaracolado de requeião com pitada de pimenta que temos que comprar, entre outros. É um excelente filme com o Jim Carrey, que involve o telespectador como nunca! Parece que nós estamos sendo enganados (e não somos?) junto com Thurman.


A Sociedade dos Poetas Mortos naõ é um filme para todos. Ponto. É um filme sobre poesia e muitas pessoas, hoje, consideram poesia uma coisa fútile morta. Ponto. Mas é exatamente isso que Sociedade nos mostra: tudo pode ser poesia! A felicidade é poesia! A vida é poesia! E as pessoas que não gostam de poesia e coisas fantasiosas que liberam nossa imaginação, estão mortas. Robin Willians está em um de seus melhores trabalhos, e, sabem o amigo do House, o Dr. Wilson? Pois é pessoal, se você quer ver este ser jovem, então não perca Sociedade, que além de tudo trás finais surpreendentes, fidelidade e um professor bem chapado das idéias.

8 comentários:

Ricardo Martins disse...

Não vi nem Roger e Eu, e nem Sociedade dos Poetas Mortos! Mas quanto a O Filho de Chuck ,concordo com você, trash dos trashes! Mas faz muito tempo que vi o primeiro Chuck, aquele: "O boneco/ou brinquedo assassino" não sei se é igual ,mas me lembro que quando assisti há anos morri de medo, e ele não tenta fazer comédia e sim assustar! Esse filho e noiva de Chuck, é uma piada!

Show de Truman é ótimo mesmo, espero que você tenha assistido sem saber o final, assim foi uma surpresa!!!

ABRAÇO

Mirella Santos disse...

nunca vi Roger e eu, nem Show de Truman
Mas Sociedade dos Poetas Mortos não mereceu está resumido assim. O Filho do Chuck, sem comentários, grande filme esse... (brincadeira esse mereceu)

Fernando disse...

O Filho de Chuck? Dispensa comentários... Já que é pra falar pouco, fala de coisa boa ;]
Coloca filmes ruins só como citação, num espaço NÃO ASSISTA
Ah, e seria legal citar filmes relacionados, tipo, se você gostou de Os Outros, vai gostar de Passageiros (oops, falei demais..)

Mirella Santos disse...

Hey, você ganhou um selo de blog melhor amigo. É muito importante que você pegue o seu, agora só ir lá no meu blog http://cidadenova12.blogspot.com/ e siga o regulamento. Bjus

FELIPE G2 disse...

Ricardo, o Filho/Noiva de Chuck são uma droga! E sim, assisti o Show de Truman na verdade sem saber nada. Virginho da silva!

Mirella, eu sei que existem filmes maravilhosos como Poetas que merecem uma postagem descente, mas simlpesmente não sai um texto. Já outros como Chuck ficam muito bem obrigado resumidos..

Fernando, mas se eu fizer um bloco de FILMES PARA NÃO ASSISTIR, muita gente vai apenas ler o título, misturado as pessoas acabam lendo...

Mirella, verei em breve este selo. Tenho que estudar para a prova de Matemática (sim, mais uma prova!)

Fernando disse...

Mas é só ó título, não precisa de uma resenha

FELIPE G2 disse...

Pode ser....

FM disse...

Ah.. Show de Truman e Sociedade num parágrafo só?

=/

Roger e eu eu nunca vi e O Filho de Chuck... hauhaua Bom, não gostei de nenhum filme dessa série, mas esse é de longe o pior. Uma curiosidade, o criador de Hairspray faz uma ponta nesse filme (o fotógrafo)