23 de outubro de 2009

SONHO DE CONSUMO DE ESPETÁCULO FINALMENTE ATINGIDO? SÓ AMANHÃ SABEREI (SÓ FALTAVA ESCREVER NAS CASAS BAHIA)

"Estamos esperando por você Felipe. Cadê você?"
Estou indo caros amigos!

Desculpem por não ter postado nada hoje querido leitores e queridas leitoras, mas é que eu tive "Plantão de dúvidas de recuperação de física" (nome maior não existe) na minha escola (resumindo: fiquei até as três e quarenta na minha escola). Mas quem disse que meus pensamentos desta cabeça oca estavam apenas fixados na recuperação? Além da recuperação eu só podia pensar em uma coisa, que era nada mais nada menos do que a peça Avenida Q. Será que terá ingressos ainda para eu poder comprar e assistir o espetáculo que a tanto tempo espero? Tomara que sim.



Eu tinha descoberto a peça antes mesmo dela vir para o Brasil e quando soube que ela tava vindo para cá (porém que ia começar no Rio), eu já fiquei pensando que seria uma catástrofe. Mas então eu descobri a luz do fim do túnel: quem tinha traduzido eram os mesmos e únicos que tinham traduzido A Noviça Rebelde, o Charles Möeller e o Claudio Botelho, e assim minha confiança aumentou. Mas foi assistindo videos da internet que minha vontade ficou maior: Avenida Q não é uma cópia do americano, mas sim uma peça brasileira adaptada da peça americana, e, agora que tenho pessoas para irem comigo (embora uma dessas pessoas seja a chata da minha irmã [brincadeira!]), é melhor! Pois convenhamos: assistir um espetáculo ou um filme sozinho no cinema é uma coisa meio deprimente, embora eu faça isso sempre. Será que sou uma pessoa deprimente? A resposta é simples: não. Afinal, você não precisa que seus amigos vejam/gostem/ouçam a mesma coisa que você. Seja independente!

5 comentários:

Fernando disse...

Eu vou no cinema sozinho também, e aproveito pra observar a vida alheia - crônicas do cinema uhushushus

Ricardo Martins disse...

Oi, Felipe, não conheço esse espetaculo Avenida Q! Mas pelo visto você deve gostar muito! Como eu gosto de LOST (LOST de novo!).

Vou dar uma pesquisada pois cultura é cultura e quando bem indicada melhor ainda! (Não se sinta, ok?)

E como muitos também vou no cinema sozinho, por exemplo, ninguém quis ver comigo a Megan Fox em Garota Infernal!
Então decide ir só mesmo assim! Acabo de chegar e vou dormir até o próximo post!
ABRAÇO

FM disse...

Eu fui ver Hairspray sozinho no teatro... =P

Mas enfim, divirta-se na Avenida Q.

FELIPE G2 disse...

Fernando, quando fui assistir Bastardos Inglórios sozinho foi impressionante: notei que tinha muitos idosos na sessão...

Ricardo, eu adoro Avenida Q! E nem acredito que consegui comprar os ingressos, já que está em final de temporada. Eu quero ainda ver esse Gartoa Infernal...

FM, nossa, que pena; Acho que Hairspray deve ser bem melhor se assistido com os amigos, não? (claro que é melhor assistir sozinho do que com um amigo que vai reclamar a peça inteira).

FM disse...

Pois é Felipe... Mas o dia q o pessoal da comunidade foi eu não pude ir. =/

E até teria companhia, mas acho q eles iriam mais reclamar do que outra coisa... Então foi melhor sozinho mesmo. Foi bom pq deu pra concentrar bem na peça (e é preciso muita concentração para se entender o que eles cantam).