2 de novembro de 2009

BESOURO- São por filmes como este que não assisto filmes nacionais

Só na cordinha para ajudar esse filme mesmo


Parece que é uma coisa automática: se uma pessoa vai ao shopping com seus amigos, nem que seja só para tomar um sorvete (sei que não existe gente assim, eu acho), é quase um mandamento: temos que ir ao cinema. Sei que muitas pessoas falarão que estou falando asneira. Mas pense comigo: quantas vezes você foi no cinema, quando você foi no shopping sozinho, e, agora pense em quantas vezes foi no cinema quando você estava no shopping rodeado de amigos. Pensou? Então acho que você se qualificaria na segunda opção assim como eu. E ai vem minha parte: Por quê? Por quê? Por quê tive que ver um filme chamado Besouro? Ainda não entendi.


A história é sobre um capoeirista chamado Besouro (dã) que foi o maior capoeirista de todos os tempos. E a história se passa em 1924 e Besouro e todos os afro-descendentes ainda sofrem com a "visão" de todos os negros ainda serem escravos. E assim Besouro se torna um grande herói, que tenta defender sua etnia e os preconceitos.


Sim, o filme é horrível. pronto falei, sem dor nem piedade. O filme, pra começar, em certas partes começa a passar um texto de dois minutos com um fundo azul. Invés de gravar essas cenas, o que seria menos tedioso, não. Ele colocam um texto explicativo para deixar a pessoa de saco cheio e ainda com um fundo azul "maroto" ridículo. Sem falar que o filme vai de capoeira ao kung fu num piscar de olhos. Sabe aquela coisa de filme chinês que os caras nem encostam na pedra e saem voando? Pois é, eu não sabia que na capoeira é assim! (sarcasmo, para quem é um pouco lerdo). E uma cosia: 1924. A guera estava chegando e a única coisa que mostra é que o Brasil estava cheio de mato e ex-escravos. Acho que se você assim, já teriam invadido o Brasil há um bom tempo.


E as atuações? Eu não sabia se eu ria ou se eu chorava. Acho que a primeira opção já que minha pessoa tem um coração de pedra igual ao coração da diretora de Matilda. Eu ria demais! Os atores principais eram vesgos (fato risonho), atuavam mal e sempre faziam uma cara de que acabaram de comer alguma coisa azeda, principalmente o Besouro. Ele faz um biquinho que é de tirar gargalhadas! E em certo momento, ele acorda bombado (sabe no Homem Aranha quando o Parker acorda bombado? Igual.) e ele ainda faz aquele movimento com o peito, se achando o tal. Rídiculo!


De um roteiro que não vai a lugar nenhum, sem saber se foca na capoeira ou no preconceito contra os negros, e sem ao menos tentar fazer um filme de ação (que de ação acho que no máximo quinze minutos de uma hora e quarenta), Besouro é mais um filme brasileiro que faz com que os brasileiros continuem com o preconceito de que filme nacional é ruim. A prova? Eis Besouro! A defesa? Só se eu usar exemplos como Central do Brasil e Carlota Joaquina, obras de nosso cinema.

15 comentários:

Leh disse...

tipo assimm deppis de ler o texto fikei um pouco .. digamos supresa... vc realmente critica filmes brasileiros por conta de alguns ruins , como em todos os paises.. sendo que muitosss dos filmes norte americanos .. ( que grande parte vc gosta .. naum venha dizer que naum ) saum um lixo...
eh achu melhor repensar um pouco antes de criticar o cinema nacional sendo que vc naum conhece quase nada dele assim como eu ...

Jardel Nunes disse...

Quando eu vi a entrevista do diretor desse filme no Omelete, falando da mistura de capoeira com Clã das Adagas Voadoras eu vi que não ia prestar...

Nada contra filmes nacionais, mas essa história de tentar mostrar preconceitos já encheu o saco e, particulamente odeio esses filme de chinês voador...

Ricardo Martins disse...

Eu não tinha interessado por esse filme, agora muito menos ainda! Você se arriscou assistindo a esse filme, não tinha visto nada sobre ele não?! Eu não me arriscaria. Mas vamos ver qual vai ser o resultado da crítica desse filme por aí!
Central do brasil,nota 1000!

E igual a diretora de Matilda! Essa é boa!!!

ABRAÇO

FELIPE G2 disse...

Leh, Acquária, O Aleijadinho, O auto da compadecida, Seu eu Fosse Você, O casamento de Romeu e Julieta, asseta e Planeta, Ilha Rá Tim Bum, 2 filhos de Francisco, Qualquer filme do Didi e da Xuxa, Durval Discos, Meu tio Matou um Cara, Fica comigo esta noite, Guerra de Canudos;
Estão entre os filmes brasileiros que eu assisti e que eu acho que ou são bobos ou simplesmente eu odeio (2 filhos de Francisco, cof cof), então eu tenho pelo menos um conteúdo prévio para poder argumentar.

Jardel, e não presta mesmo! Essa história já encheu o saco (2)!

Ricardo, a crítica foi bem mais ou menos com o o filme. O Omelete, por exemplo, deu 3 ovos de 5. O Cineplayers, um site de filmes (dã! Não de papelão) colocou uma nota 4)..

Ricardo Martins disse...

Então para a crítica foi bem mais ou menos mesmo! Mas levou uns votos de que foi bom também, não é?!

Mas vou seguir meu sexto sentido e seu conselho de não assistir a esse filme! Como também passo longe de Tropa de Elite, Salve Geral e Última Parada 174 é esse estilo que não gosto! prefiro os cômicos!

FM disse...

Eu gosto muito do cinema nacional de um tempo pra cá. Pena q eles só focam miséria, mas enfim, deu certo com Quem quer ser um milionário, só num dá certo com a gente.

Sempre achei que Besouro seria assim, ou pior.


Filme Nacional que estou curioso para ver é "Do começo ao Fim" Só espero que a polêmica não seja maior que a qualidade do filme.

Fernando disse...

"rÍdiculo" hushushusshu
Devia ter assistido à "Garota Infernal", Amanda está muito boa!

Luciano Carneiro disse...

Existe uma porção de filmes nacionais além dos com a marca Globo Flmes. Dê uma procurada. Nosso cinema é um máximo!

Leh disse...

poxaa. mais se tbm ecolheu uns bem tensos .. tirardo o auto da compadecida .. esse filme eh maravilhoso!!! .. serio vc fez escolhas ruins .. . tipo existem varios filems muito bos .. tipo : lisbela e o prisioneiro, o cheiro do ralo, abril despedaçado ..a chu melhor fazer outras opções.. naboa . casate e planeta .. se esperava o que desse filme ?

FELIPE G2 disse...

Ricardo, sim, mas até meus amigos, que adoravam filme de a~ção, falaram que o filme é uma merda...

FM, eu comecei a gostar dos filmes brasileiros graças aos filmes do Selton Mello, porque eu me rachava de rir (principalmente Lisbela), mas meu preferido é Central, com certeza!

Fernando, a gente queria, mas fomos na sessão da meia noite e não tinha nada que prestasse...

Luciano, mas a maioria é Globo, não? Não tem como negar. O meu predileto é Globo, mas foi feito numa época que a Globo queria filmes importantes, invés de fazer apenas comédias. Das comédias que tem, apenas algumas prestam.

Le, mas são só exemplos. Eu sei que existem filmes brasileiros bons,como vc listou (e vc não me deixa ver o Cheiro do Ralo!), mas a quantidade dos ruins é extremamente maior. O auto da compadecida acho tão bobo. Ah, eu poderia gostar só um pouco de Casseta, não? Afinal, eu gosto de Marte Ataca!

Juh Saad disse...

Nosso cinema é um máximo! [2]

FELIPE G2 disse...

Ju, dependendo do filme, pode até ser...

Nega disse...

Meu filho, vc só tem 16 anos e acha que sabe de tudo de cinema,preconceito racial e consciência negra? Se vc nasceu no Brasil certamente deve ter uma raiz negra ou indígena na família ou vc é descendente de europeu?? Procure adquirir conhecimento sobre o país em que vive, POIS AQUI NO BRASIL O RACISMO EXISTE SIM, pena que sua pele branca não sente.

Assinado Família Meia-Noite

Anônimo disse...

hum..na verdade nao li não aproveitavél vindo desta sua colocação.sinceridade mesmo
achei de uma falta de conhecimento gigantesca , lixo HTML

Felipe Guimarães disse...

Nega, como eu disse no texto, mas escrito e datado, admito, porém o que não falei que não existe preconceito. Apenas falei que o filme é ruim. Pra mim capoeira é capoeira e kung fu é kung fu. O que critiquei é que o filme fala de capoeira num estilo "kung fusado". Sei que preconceito existe, e muito!

Anônimo, ou será a Cris? Bem, de qualquer jeito, o que não mostrei de conhecimento? Se você falar algo construtivo, posso aceitar ou discordar e mostrar os pontos nos quais sou a favor ou não.