22 de dezembro de 2009

DREAMGIRLS- Grandes atuações, grandes vozes, mas pouca história

Com essas roupas elas não lembram as musas do clássico Disney Hércules?


É impressionante! Sim, estou reclamando, mais uma vez. É engraçado como alguns filmes musicais que possuem apenas uma letra no título original, quando chegam ao Brasil, recebem um "Em busca" de alguma coisa para dar um "algo a mais". Hairspray em inglês é apenas Hairspray, mas no título brasileiro é Hairspray: Em Busca da Fama. E o filme Dreamgirls, que também é somente Dreamgirls, recebeu o título Dreamgirls- Em Busca de um Sonho. Mas deixa eu calar minha boca tagarela e falar sobre Dreamgirls (e somente, Dreamgirls).


A história é sobre um trio de mulheres cantoras afro-americanas, composto por Denna, Effie e Lorell, chamdo The Dreamettes. As coisas ficam piorando cada vez que o grupo fica chegando cada vez mai perto do sucesso. E como sabemos, o sucesso leva muitas pessoas à ganancia, o que acaba acontecendo com Curtis, o empresário da banda, e com Effie. Effie sempre foi a voz principal da banda, mas com o passar do tempo, Denna foi escolhida como cantora principal, pois ela 'é" o que vende. O grupo fica mais ácido, e Curtis substituí Effie quando a mesma acaba de descobrir que está grávida de um bebê dele (mas com raiva, não conta nada para ele). Agora, basta saber o que acontecerá com Effie e com o resto das Dreamettes até o final da película (ficou com água na boca? Que bom!).


Da primeira vez que eu assisti Dreamgirls eu tinha achado o filme muito bom! Depois assisti no Telecine (ALERTA! PROPAGANDA DETECTADA! [Agora teria uma onomatopéia referente às sirenes, mas não sei como escreve]) e achei bom. Agora, assistindo pela terceira vez, vejo que o filme é bom, mas é muito triste para um musical (tendo muitas músicas pesadas, sem esperança alguma, e ainda num ritmo triste) e que são raras as músicas que podem ficar na cabeça das pessoas (eu fiz um teste: assim que acabei de ver o filme, fiquei jogando videogame. Apenas algumas músicas ficaram na minha cabeça, sendo a maioria cantada pela Jennifer Hudson).


E aproveitando, vamos falar da Jennifer Hudson, da Beyónce e do resto do elenco. Pessoal, a Jennifer está perfeita como Effie! Muitos podem pensar que ela parece metida no papel, mas pessoal, se você pega apenas as falas, você descobre que Effie é metida mesmo! Sem falar que a voz da Jennifer é uma das poucas vozes que consegue ser forte e aguda (e eu simplesmente adoro esse tipo de voz). E eu não acho diferente o caso da atuação da Beyónce. Muitas pessoas massacraram a atuação dela, mas eu acho que ela também está muito bem em seu papel como Denna, assim como sua voz (mais calma, mas ainda com a mesma qualidade). Agora a maior surpresa de Dreamgirls é a atuação de Eddie Murphy. Muitas pessoas pensaram: "O que ele faz ali?". E eu respondo: "Sendo um bom ator uma vez na sua vida". Afinal, se formos pegar a carreira de Murphy, a maioria de seus filmes são nada mais nada menos do que besteiróis. E eu não gostei nem um pouco da atuação do Jamie Foxx como empresário. Se você assisti Ray e logo em seguida assisti Dreamgirls, Foxx simplesmente parece estranho de se ver.


E se tem uma coisa que eu não gosto de Dreamgirls (e em Ray e vários outros filme) é o protesto "filmes-ante-branquelos-cara-pálida". Já viram esse tipo de filme que não aparece nenhuma pessoa branca para mostrar que os negros também fazem parte da sociedade cinematográfica? Imaginei. Odeio esse tipo de filme. Por isso que adoro Hairspray: pois todos devem ser iguais, logo, a quantidade de negros deve ser a mesma de brancos! Oh! Que novidade! Mas do mesmo modo que odeio os filmes que só aparecem negros, também acho uma sacanagem não colocarem negros em algumas produções, sem falar que as pessoas reparam mais quando tem apenas uma pessoa negra, do que simplesmente não ter nenhuma. Por exemplo (e ainda usando uma pessoa do elenco de Dream): o filme Sex And The City. Só tem a Jennifer Hudson de negra.
Mas isso é apenas um detalhe. Sabe por quê? Se fosse assim, todo filme teria que ter um indio, uma pessoa latina, uma pessoa negra, chinesa, japonesa, deficientes (e continua no próximo episódio...).


Sendo assim, Dreamgirls é um bom musical para se ver, mas ao contrário dos demais musicais, a história começa a pesar um pouco depois que você vê o filme mais de uma vez. Mas se você ainda não viu, assista! Provavelmente você vai adorar (como eu ainda adoro) a Jennifer Hudson cantando And I'm Telling You, a Beyónce cantando Dreamgirls, e, uma das músicas mais viciantes do filme, com a voz do Eddie Murphy: Caddilac Car. Fiquei com vontade de ouvir essas músicas, mas (como escrevi essa postagem às sete da manhã) acho que meus pais não iriam ter gostado nenhum pouco.

4 comentários:

Mirella Santos disse...

Nunca vi Dreamgirls, muito menos no Telecine... Até hoje não me deu uma certa vontade de ver

Ricardo Martins disse...

Eu não sou muito fã de musicais, mas já vi muitos mesmo! Não quero mexer na sua ferida, Felipe! Mas o que mais achei horrível foi Hairspray, que mico hein Travolta!KKK

Mas voltando...
Dreamgirls é um musical bem dramático! Mostrando a decadência de uma amizade e o poder subindo a cabeça! E coitadas foram muito mal assessoradas!

Jennifer Hudson nos surpreende com tal voz forte e presente! Beyoncé foi singela mas entregou um bom papel!

Sobre as músicas, acabou o filme fiquei até 2 da manhã nos extras, vendo Listen com a legenda em inglês! Se quiser eu canto, mas aviso: Devo ser pior que o Felipe cantando Glee! E é mico na certa!)

E o bom desse filme é que vemos muitas referências a época onde a música era levada a sério!

Abraço! E sobre a filme tema: Dramgirls ouça na versão original que é até melhor!

"Listen, I am alone at a crossroads
I'm not at home in my own home"kkkk Brincadeira!

Jardel Nunes disse...

Gosto de musicais, mas ainda não tive curiosidade de assistir esse, apesar de gostar do Eddie Murphy (dos filmes antigos dele)...
Mas vou olhar um dia..

FELIPE G2 disse...

Mirella, mas só me faz um favor? Assista o video da Jennifer Hudson cantando And I'm Telling You. Vc pode pegar tb a versão da Mercedes do Glee (que as vozes delas são muito parecidas)...

Ricardo, vc não gosta de Hairspray? Eu adoro! Principalmente o Travolta! kkk
Ainda bem q vc concorda comigo em relação à Beyónce. Mtos odiaram ela...
Ouvirei a versão original então!

Jardel, depende dos filmes antigos do Eddie Murphy tb...