24 de abril de 2010

ILHA DAS FLORES- Uma aula prática e cinematográfica do jeito brasileiro

Silêncio homem! É hora de cultura brasileira

Não é um filme que se encontre em qualquer lugar. Na verdade nem sei se você consegue achar gravado num DVD, mas sim no Youtube . O curta Ilha das Flores é com certeza uma das melhores ferramentas de estudo que alguém pode ter sobre o Brasil, o homem, o lixo que é produzido, a desvalorização do alimento nos dias de hoje, a quantidade de pessoas pobres e famintas, e com a quantidade de pessoas com polegares opositores.

Dirigido por Jorge Furtado (diretor do ótimo Lisbela e o Prisioneiro, e que com certeza está entre os meus filmes brasileiros favoritos), a história desse curta ácido e cômico fala sobre o caso de superprodução e desvalorização do alimento, que no futuro se torna um lixo. Furtado decidiu então pegar o caso do Ilha das Flores, um lixão onde pessoas pobres e famintas pegavam os vestígios que os porcos ( seres que não possuem o telencéfalo desenvolvido nem o polegar opositor) rejeitavam.

O filme ou curta, como bem quiser chamar, é simplesmente genial! Obrigatório para pessoas que estejam cursando Audiovisual, Comunicação e Multimeios, Rádio e TV, e cia. Ilha das Flores é simplesmente uma aula rápida, divertida, cômica e ácida. Sabe as animações que os Phyton faziam? Sabe a acidez que os irmãos Cohen possuem? Sabe a verdade da humanidade? Misture tudo isso e você terá o brilhante Ilha das Flores, que pode ser considerado melhor do que muitas aulas que os professores passam por aí, sem contar na lição de vida! Para você entender melhor o que este ser com telencéfalo desenvolvido e polegar opositor vos fala, veja o curta que possui apenas 12 minutos. Depois, comente e me diga o que você achou! Aposto que vai te influenciar. Não sei como, mas tenho certeza que vai...



3 comentários:

FM disse...

Eu já vi há muito tempo na época de colégio.

Realmente é um excelente trabalho.

Depois vou rever.

Jardel Nunes disse...

O curta é muito bom mesmo, uma lição de estilo cinematográfico, que o próprio Furtado repetiria em seus filmes seguintes...
No colégio que eu trabalho ainda costumam passar esse video para os alunos e, aqui no Rio Grande do Sul, as veses ele é exibido na TV aberta, em uma sessão de curtas que passa após o jornal de sábado meio dia...

Abraço

Felipe Guimarães disse...

FM, reveja sim! É um dos melhores curtas que já vi! Nenhum da Pixar rebate!

Jardel, quando eu ainda tinha uma professora de geografia boa, ela me passou o curta e dou graças a Deus por isso!!
Tem sessão de curtas?? *-*