20 de julho de 2010

A EPIDEMIA- Mais um filme do noitão do Belas Artes

Eu quero brócolis!


Para falar a verdade eu nem sabia que The Crazies, que só agora recebeu a tradução de A Epidemia, um título muito original para falar a verdade, seria lançado por aqui. E sinceramente eu nem ia falar do filme pelo trauma que aconteceu durante a sessão (cadeira horrível e um amigo que pulava em mim em quase toda cena de susto. Tudo bem, meu outro amigo e eu nos matávamos de rir). Mas como uma coisa leva a outra, vamos para o filme!



A Epidemia é praticamente um filme catástrofe que vemos por aí. Uma cidade dos EUA (sempre os EUA) é infestada por uma arma militar (sempre os militares) através da água. Sendo assim, todo cidadão que bebe a água acaba virando um tipo de zumbi assassino. E como qualquer outro filme catástrofe, um casal entra na jogada.


Pelo visto vocês devem ter percebido que eu não gostei muito do filme e essa é a verdade. O filme inteiro é casal fugindo, andando, morte, casal fugindo, andando, morte. Sem falar nas cenas finais! Uma consegue ser completamente sem noção! Uma daquelas cenas que a gente para e pensa: "Será que alguém não sentou sua bundinha na cadeira e pensou sobre isso quando escreveu o roteiro?". Para os que não querem saber a cena, pare de ler agora. Parou? Não? Problema seu! A cena é a seguinte: uma bomba nuclear explode e o caminhão onde está o casal é atingido de "leve" e o veículo capota. Quando tudo acaba, o casal sai do caminhão ainda intacto e continua andando. Meu Deus! Nem de cinto eles estavam! E nem machucados! Cristo! Sabemos que Hollywood não pensa muito na realidade, mas isso é humano pelo amor de Deus!


Então meus caros leitores e leitoras, um dos filmes que está prestes a estrear e que eu não recomendo que vocês gastem seu precioso dinheiro é A Epidemia. Para falar a verdade, neste mês de Julho o cinema está bem brochante. Shrek 4 consegiu levar 3 milhões de brasileiros ao cinema! Será que não tinha nada melhor passando ou realmente o povo gosta disso? Não importa. Os dois são problema.

2 comentários:

Arthur Atk. disse...

se liga troxa!

Felipe Guimarães disse...

Arthur, você viu o filme? Porque seu comentário não foi nada construtivo...