9 de agosto de 2010

A ORIGEM- O filme mais aguardado do ano aqui

Como chegamos aqui?


Se você não lê notícias em sites de filmes ou não vê quais são os Trending Topics (aquela bagaça do lado direito sobre os assuntos do momento) no Twitter, e não percebeu que Inception está lá há um bom tempo, então acho difícil você conheceça a fama que A Origem está ganhando. O filme fez muito sucesso nos EUA de crítica e público, e só agora chegou na terra do samba e do futebol, e pude, mesmo sendo na sessão da meia noite, conferir ao blockbuster. E se voccê ainda não quiser saber nada do filme, pule a sinopse do próximo parágrafo e vá para o seguinte parágrafo!


A história de A Origem é sobre uma empresa que invade os sonhos das pessoas para conseguir informações. Com o desejo de retornar ao país, Cobb, que trabalha nesta empresa, aceita o trabalho oferecido por Saito: implantar uma ideia num milionário para dividir o império de seu pai e evitar o monopólio de energia mundial. Com sua equipe, Cobb invadi o sonho do tal milionário, criando um sonho dentro de outro sonho, outro sonho e outro sonho, sendo assim, o filme se passa em 4 "tempos reais".

Pela sinopse, ou não caso você a tenha pulado, A Origem é um filme que se você piscar o olho ("não! vai piscar a mão! Imbecil!") com certeza pode perder alguma informação especial ou crucial para entender a história, já que ela mesma é feita de labirintos. Cristopher Nolan, diretor e roteirista, ficou bem famoso com o Batman-Cavaleiro das Trevas (sabe?) e foi fácil conseguir o orçamento para realizar seu novo projeto. As semelhanças com Matrix são mínimas. Ok que tem um arquiteto e tudo o mais, porém sonho e uma "rede" são coisas diferentes né? Mas vamos continuar...

Visualmente o filme é lindo, magnífico! Efeitos que valem a pena até de assistir em 3-D no Imax pagando 15 reais, mesmo que nada venha na sua cara ou que você tenha labirintite. Se tem uma coisa que o Nolan consegue fazer bem é um filme visualmente belo. As ruas que "sobem" e se encontram, as escadas com fim inesperado, as cenas do elevador, tudo muito bom! Acho que de A Origem a única coisa que empaca um pouco é o tempo de duração. Parece que você está assistindo ao filme há umas três horas, fácil. Nolan poderia cortar algumas cenas de ação com muita facilidade, porque o mais interessante do filme são os labirintos e os sonhos em si.

Em questão de atuação os que mais gostei foram do Michael Caine (sempre gostei do carisma que ele apresenta, mesmo fazendo uma participação até desnecessária), Marion Cotillard (até agora só a assisti em Nine, Um Bom Ano e Peixe Grande e Suas Histórias Maravilhosas, faltando o filme que a fez ganhar o Oscar: Piaf. Preciso ver!), a Ellen Page (não apenas a atriz como seu personagem são muito interessantes) e o Joseph Gordon-Levitt ( o excelente ator de 500 Dias com Ela). "E o Leo?". Olha, gosto do Dicaprio, mas ultimamente seus papéis estão repetidos! Os Infiltrados, Rede de Mentiras, Ilha do Medo, e agora A Origem, todos com papéis de espião. Quero ver mesmo de novo é o "Leo" de Foi Apenas um Sonho, por exemplo. Chega de espionagem! Diversidade Leo! Lembre-se disso!

Provavelmente eu falarei mais sobre o filme com as próximas notícias que surgirão sobre ele, mas saiba: eu aprovei A Origem, e muito! Não só eu, mas como todos os meus amigos, totalizando se não me engano seis pessoas. E o final? Meu amigo que sempre fala: "Aham Claúdia! Senta lá! Felipe! Você não sabe o final do filme" perguntou para mim durante a sessão: "Felipe, por que você está com os dedos cruzados?". Falei: "Porque estou torcendo para ser o final que eu estou pensando" e acertei. O que tornou o filme não apenas muito bom, mas com um final digno de cinema inteligente. E com esse ano fraquinho fraquinho, sinto Oscar para esse filme. Bem, pelo menos em algumas categorias. Resta esperar!

3 comentários:

@arthurgama disse...

Nossa, muito bom!
Já estava querendo ver esse filme, agora estou morrendo hahaha
Thx! ^^

Anônimo disse...

Amiable fill someone in on and this fill someone in on helped me alot in my college assignement. Gratefulness you on your information.

Felipe Guimarães disse...

@arthurgama, então corre para a sala de cinema! =D

Anônimo, you 're welcome! =D