14 de dezembro de 2010

BONEQUINHA DE LUXO- Uma deliciosa história de amor

Só agora você realmente me notou?

Não sei como eu nunca tinha visto Bonequinha de Luxo antes. Audrey Hepburn é um dos maiores símbolos do feminismo no cinema e eu a conheci apenas recentemente, quando assisti My Fair Lady. Agora que assisti Bonequinha, quero assistir todos os filmes da atriz! Ela é simplesmente magnífica na telona! Temos aulas de interpretação quando ela está em cena! Mas vamos por partes. Não vamos atropelar o texto.

A história de Bonequinha de Luxo gira em torno de Holly Golightly, uma garota de programa de luxo da alta sociedade. Em seu prédio um novo morador, Paul, surge e logo ambos se tornam grandes amigos. Paul vai descobrindo mais sobre essa mulher tão encantadora e misteriosa, enquanto Golightly pensa só mesmo em casamento com grande milionários e ir à sua loja favorita: a Tiffany's.

Sabe aquele sorriso no rosto que a gente sente depois de assistir um filme? Então, Bonequinha de Luxo nos dá um mega sorriso no rosto! Sabemos que ambos os personagens não tem dinheiro, fama, ou qualquer uma dessas coisas, mas pouco importa, pois o importante do filme é o amor entre os dois, mesmo com Holly querendo sempre dinheiro. Além do amor entre os dois, é impressionante como um filme consegue fazer uma loja se tornar algo tão agradável (explicação do título original: Breakfast at Tiffany's).

Porém, o filme tem algumas coisas que eu modificaria, claro. Fico imaginando como seria o romance entre os dois se o personagem de Fred/ Paul tivesse ficado nas mãos de Marlon Brando. A canastrice do ator teria ficado perfeita na do personagem. Além disso, eu mudaria o final. Seria muito mais interessante se Holly tivesse aceitado sua "natureza selvagem" e ter ido para o Brasil, como se fosse uma Miranda "da vida". Assim como a personagem de O Diabo Veste Prada aceita sua natureza de ser a "vaca" da moda, Holly poderia aceitar sua natureza de Bonequinha para sempre. Com certeza poderia ter feito o filme ficar mais marcante, mas o verdadeiro final também é aceitável em partes. Holly sempre fazia discursos que nunca ficaria presa por causa de um homem, e acaba se contradizendo depois de todo o discurso. O filme poderia ter se tornado um grande marco feminista se não fosse por esse final.

E por que não chamá-lo de feel good movie? Bonequinha de Luxo é um filme divertido, romântico, grandes atuações e com Audrey Hepburn dando um show de interpretação. Agora basta apenas terminar de assistir os filmes que me faltam da atriz. Como eu só descobri essa figura cinematográfica recentemente meu Deus? Ainda não sei, mas agora que descobri, está na hora de aproveitar.

5 comentários:

Cristiano Contreiras disse...

Um dos brilhantes momentos da eterna Audrey! acho que o filme poderia ser um pouco mais ousado, mas ele ainda assim tem todo seu charme e tem uma malicia sutil...

veja o melhor filme de Audrey, na minha opinião: "Infamia". Procure.

abraço e aparece!

Gabi disse...

Curto esses toques feministas nos filmes, mas eu acho que o final de "Bonequinha de Luxo" é muito bom. Paul,que apesar de ser escritor, é sustentado por uma mulher, nada além de troca de sexo e Holly, que, como comentou é uma garota de programa de luxo, creio eu que os dois tem isso em comum. E não podemos deixar de comentar que os dois tem uma ligação desde a primeira vez em que se veem. Principalmente quando eles saem naquela manhã para fazer o que nunca tinham feito.

"Como roubar um milhão de dólares" para mim é o melhor filme dela (:
Obrigada pela atenção.

James disse...

Audrey Hepburn é a minha atriz favorita, de todo sempre! Bela e talentosa, este é um dos únicos filmes que eu assisto sempre, sem me cansar. No momento também estou tentando ver TODOS da atriz, hhehehe

ótimo texto!
abs,
sebosaukerl.blospot.com

Kahlil Affonso disse...

o modo sutil como eles sugerem que ela é uma prostituta é incrível... audrey soberba como sempre!

http://filme-do-dia.blogspot.com/

Felipe Guimarães disse...

Cristiano, também acho que poderia ser um pouco mais ousado, mas é perfeito tb do modo que é! Se falassem: "Você é uma prostituta" perderia o charme. Vou procurar sim! Eu sempre apareço no Apimentário, mas é no pc da minha mãe!

Gabi, sim, os dois são perfeitos um para o outro, mas ao mesmo tempo que eles são perfeitos um para o outros, eles são imperfeitos, já que Holly não quer um homem controlando a sua vida. Por mim, acabaria com ela indo para o Brasil!

James, minha atriz favorita? Não sei, mas adoro seu charme! Ela está bem do lado das duas atrizes que mais amo: Nicole Kidman e Meryl Streep!

Kahlil, é muito bom, não? Perderia a graça se falassem que ela é prostituta...