27 de dezembro de 2010

VERGONHA OU ORGULHO DE SER BRASILEIRO?

Disse tudo!

Calma pessoal, não tenho vergonha de ser brasileiro, na verdade eu amo ser brasileiro! Mesmo não gostando de samba, nem sendo viciado em futebol e nem de ter que me alistar no Exército, o que acho uma grande perda de tempo já que o Brasil praticamente não entra em guerra, eu amo meu país, a comida, as cidades históricas e as pessoas que moram aqui. Será que eu gostaria de ser um norte-americano que não sabe de nada ou um britânico que quando vai num show fica parado (acredite ou não, já vi vários shows britânicos e o pessoal é morto!)? Claro que não! Mas nesses momentos de governo tenho vergonha de ser brasileiro. E quem não tem?


Mas ainda existem pessoas que defendem a política justa do Brasil, mesmo sendo poucas. Odeio quando as pessoas falam: "O governo é corrompido. Não adianta fazer nada". Claro que adianta fazer alguma coisa pessoal! O Maluf foi eleito deputado federal, mas foi o único graças ao Ficha Limpa. E o pessoal se esqueceu das greves que servem para dar uma "sacudida" nos parlamentares, deputados e senadores, entre tantos outros. Greve normalmente acaba com o lado dos trabalhadores ganhando. Afinal, os chefes precisam de trabalhadores.

E não é que eu fico feliz quando vejo jovens, em Brasília, protestando contra o aumento dos parlamentares (um aumento de 133%)? E é engraçado como, na propaganda de Dilma o salário mínimo em 2011 ultrapassará os 600 reais e em 2012 os 700. Como ela quer isso se o ajuste do salário mínimo desse ano foi de 510 para 540 reais? De novo pessoal: abre o olho! Já passou da hora de mudar esse país. Se o pessoal não entende isso nem em Tropa de Elite 2, vai aprender quando? Somente quando houver uma guerra civil? E não é isso que praticamente ocorria no Rio? Bem, vou parar por aqui... Ainda tem muita coisa para ser dita.

3 comentários:

FM disse...

Já ia vir aqui falar q detesto pessoas q falam mal do Brasil como se ele fosse o pior do mundo e idolatram os EUA, mas logo no início vc se explicou. =P

E é verdade, a política nacional é vergonhosa e acredito sim q possa mudar, mas não tão cedo.

O q vale hj é realmente isso, o povo ficar atento e protestar sempre.

Sobre o salário mínimo, ilusão achar q pode dar esse salto sem causar inflação.

E respondendo a pergunta, não tenho vergonha de ser brasileiro, tenho é vergonha dos políticos q elegemos.

Diego Lanza disse...

é engraçado, temos vergonha dos políticos que elegemos. Que NÓS elegemos. Minha gente, Maluf, GAROTINHO, todos eleitos!

Nessas horas gostaria de ser o "V"; explodir brasília.

Mas sabe o q foi pior, a fala de nosso ilustríssimo presidente quando comentou sobre o aumento: "E o lulinha aqui ó..."

Sem mais comentários.

Felipe Guimarães disse...

FM, hahaha, tinha uma época que eu odiava o Brasil, mas abri meus olhos e vi que tem muita coisa pior, e considera por muita gente como melhor!
Concordo plenamente! Essa é a minha resposta sempre: "E respondendo a pergunta, não tenho vergonha de ser brasileiro, tenho é vergonha dos políticos q elegemos".

Diego, pois é! O povo reclama, mas na minha escola, onde achávamos que haviam paz sensatos e todo aquele blá blá blá moralista, houveram vários votos no Tiririca.
Eu nunca gostei do Lula! Na verdade acho o PT o partido de esquerda mais direita que existe!