18 de maio de 2011

A GAROTA DA CAPA VERMELHA - Nem Oldman e nem Seyfrield se salvam nesse filme

Oxi! Nem eu?


mais do que na cara que triângulos amorosos tornaram-se a grande tendência entre histórias românticas voltadas ao público adolescente, tanto no cinema quanto na TV. O ápice foi com o triângulo Edward-Bella-Jacob da Saga Crepúsculo (ah vá!). Desde então, séries de vampiros como True Blood e Vampire Diaries e filmes como A Garota da Capa Vermelha possuem nas suas histórias um triângulo amoroso.


Em A Garota da Capa Vermelha, Valerie é uma menina linda que é prometida em casamento ao jovem Henry, rico e charmoso (lógico). Mas na verdade, Valerie é apaixonada desde que pequena por um atraente e pobre lenhador, Peter (lógico de novo). Embora Valerie tenha planejado uma fuga com Peter, tudo acaba quando a irmã da jovem é morta por um lobisomem que atormenta a vila onde moram.


vou dizendo que a fotografia é uma das poucas coisas que se salvam nesse filme, mas isso não é nenhum mérito ao mesmo. Afinal, A Garota da Capa Vermelha é dirigido pela mesma diretora que dirigiu o primeiro filme da Saga Crepúsculo, Catherine Hardwick. Então, se você sentir que já viu em algum lugar as diversas imagens de selva que Capa Vermelha possui, a história dos vampiros é a resposta.


E o filme também acerta em seu primeiro momento: um clima de suspense é criado para saber quem é o tal lobisomem. Mas tudo acaba rápido demais, já que o próprio filme dá dicas óbvias para eliminar as pessoas que não podem ser a tal criatura. E depois dessa grande revelação, o filme só continua a piorar. E de atuações, nem a Amanda Seyfrield e nem o Gary Oldman, os quais eu gosto bastante, se salvam. Com certeza Catherine Hardwick não é uma diretora de atores.


Então eu te aconselho a esperar e ver A Garota da Capa Vermelha em DVD, Blu-Ray, no formato que você bem entender, ainda mais naquele dia de promoção sabe? Aquele dia que você paga por um DVD e leva dois ou o dia que é mais barato, tanto faz. Se o filme não fosse voltado tanto para o público juvenil, que os produtores e diretores pensam ser um povo que não pensa e gosta de qualquer coisa que colocam nas telas do cinema, poderia ter sido pensado melhor.

3 comentários:

Alan Raspante disse...

Absolutamente tudo neste filme é ruim... Sofrível em todos os aspectos possíveis e olha que nem costumo ser "chato" assim... Enfim.

OI disse...

eii faz decadas que eu nao comento!
tbm nao gostei do filme ...bom aco que a questao de triangulos amoros sempre existiumas soh ficou mais evidente com a questao de crepusculo enfim...
PS: em true blood eh mais que um triangulo, 2 vampiros, um lobisomem e um metamorfico haha

Lew =)

Mirella Santos disse...

hahahaha essa dica no final foi boa. Poxa eu tava realmente ansiosa pra assistir o filme, mas agora eu vou pensar duas vezes, não parece ser um filme muito interessante assim e já no trailer eu percebi a semelhança com Crepúsculo. Abraços!!