11 de setembro de 2011

11/09... E O 07/09?



Senta lá D. Pedro.


Onze de setembro. Quem pode esquecer? Aliás, como a mídia pode nos fazer esquecer? Jornais dos mais diversos bombardearam seus leitores e telespectadores com imagens, homenagens, novidades e declarações de líderes dos mais diversos países sobre o atentado de 2001. Na verdade, acho estranho e ridículo alguns sites colocarem "Comemoração do 11/09". Comemorar o que? A morte de várias pessoas? Os EUA combatendo o terrorismo? Espera um pouco. Espera. Vamos refletir um pouco?


Um pouco de história: quem que apoiou o Saddam Hussein na guerra Irã-Iraque? Os EUA. E o Saddam, pouco esperto, decidiu se expandir pelo Oriente Médio e os EUA tiveram que consertar a cagada que fizeram. E então: 11/09. Os EUA está nessa guerra porque ele se meteu em algo que não deveria. Forneceu armas ao Iraque e para o Bin Laden. Então, quando vejo a Dilma oferecendo apoio aos EUA eu penso: "ela sabe mesmo onde está se metendo?". É melhor o Brasil estar afastado desses problemas. Militares brasileiros na Ásia? Sinto, se houvesse algo do tipo, me tornaria hippie. Não lutarei numa guerra que não é minha. Aliás, guerra desse tipo, como a do Vietnã também, são guerras pelas quais não fazem sentido lutar por ser uma simples questão política burocrática. E os norte-americanos criticando o Obama pela crise e pela guerra, sendo que na verdade tudo isso é culpa do nazi-Bush?


E a comemoração da nossa independência no dia sete de setembro? Passeatas em várias capitais do Brasil querendo o fim da corrupção de Brasília, dos políticos, apoiando a cultura, a educação, a saúde, etc. O que a mídia fez? Quase nem mencionou os acontecimentos só para falar dos dez anos do atentado. Sei que se passaram dez anos, que foi uma das catástrofes do mundo ocidental, mas vamos parar um pouco de nos focar tanto nos problemas de outros países por causa da nossa mídia sensacionalista estrangeira e nos preocupar a combater um pouco mais com os problemas do nosso país  Se a mídia não vai olhar para nós, ninguém irá, só se for para falar de Copa do Mundo ou Olimpíadas.

Nenhum comentário: