31 de janeiro de 2012

PRÊMIO ARTE QUALIDADE BRASIL


Como é de costume em todo início de ano, várias premiações estão ocorrendo para celebrar o que vimos de melhor no ano passado. O prêmio Qualidade Brasil, o foco dessa postagem, possui uma categoria especial de "Teatro Musical", que vocês sabem muito bem, é uma das minhas paixões.

Três espetáculos dos "os reis dos musicais" estão concorrendo a 12 prêmios (Hair, Um Violinista no Telhado e Judy Garland - o fim do arco-íris)! Além da aclamada dupla, o espetáculo Tim Maia - Vale Tudo: O Musical, aclamado no Rio de Janeiro e que estreia em março no Teatro Procópio Ferreira (substituindo Cabaret), também recebeu indicações! A lista dos indicados na categoria "Teatro Musical" está logo abaixo, estando os principais concorrentes em destaque:

MELHOR ESPETÁCULO:

Emilinha e Marlene
Hair
Judy Garland – O fim do arco-íris
Tim Maia – Vale Tudo
Outside
Um Violinista no Telhado

MELHOR ATRIZ

Claudia Netto – Judy Garland – o fim do arco-íris
Gottsha – 4 Faces do Amor
Leticia Colin – Hair
Leticia Spiller – Outside
Soraya Ravenle – Um Violinista no Telhado

MELHOR ATOR

Cristiano Gualda – 4 Faces do Amor
Gracindo Jr. – Judy Garland – o fim do arco-íris
Hugo Bonemer – Hair
José Mayer – Um Violinista no Telhado
Thiago Abravanel – Tim Maia – Vale-tudo

MELHOR DIREÇÃO

Antonio de Bonis – Emilinha e Marlene
Charles Möeler e Claudio Botelho – Hair
Charles Möeler e Claudio Botelho – Judy Garland – o fim do arco-íris
Charles Möeler e Claudio Botelho – Um Violinista no Telhado
João Fonseca – Tim Maia – Vale-tudo

Para votar é só clicar aqui!

16 de janeiro de 2012

"HAIR" EM SÃO PAULO, "IMORTAIS" E GLOBO DE OURO

Elenco paulista esbanja talento!


Não sei se vocês sabem (ou se me acompanharam pelo twitter ou pelo blog), mas eu estava desde o ano passado esperando para "Hair" vir para São Paulo! E é o que eu não esperava: é uma montagem realmente perfeita, pois normalmente, quando vemos um filme ou uma peça, a gente pensa: "eu mudaria isso, e aquilo, quem sabe trocar isso daqui" e assim vai. Mas "Hair" está perfeita do jeito que está! Nem consigo pensar em outra equipe fazendo um novo "Hair" daqui alguns anos. Charles Moeller e Claudio Botelho acertam novamente (se vocês quiserem uma crítica detalhada, tem dois textos no Lérias e Lixos)!

E segunda coisa: o que foi esse Globo de Ouro? Só eu que achei meio "miado"? É que, com tantos filmes bons que foram lançados no ano passado, era mesmo impossível de ter um filme que chamasse tanto a atenção esse ano. Claro, tiveram algumas surpresas (pelo menos na parte de cinema, que muitas coisas ainda não chegaram por aqui), mas a premiação de séries, pelo menos, era mais do que óbvia (Modern Family ganhando tudo, lógico e merecidamente).


Terceira e última coisa: não assistam Imortais! Sei que pelo trailer o filme já mostra ser ruim, mas vocês sabem como é: família junta, quer ir no cinema junta. E lá vou eu assistir um filme dos mesmos produtores de 300 (se mais alguém gritar "This is Sparta!" dou um tiro na cabeça). E nem vale a pena por causa do 3D, porco assim como o filme. Então fica a dica: ou assista o novo Sherlock Holmes, que promete ser bom, ou o filme do Tintin, que, embora tenha sido massacrado pelos fãs dos quadrinhos, chamou a atenção de novos espectadores. Agora é só esperar até sexta-feira... Como sempre.