3 de fevereiro de 2012

MOMENTOS BIZARROS 13: UM SONHO MUITO LOUCO

Acho que nesse me superei!



Não faz muito tempo, acho que nem uma hora direito. Eu acabei de ter um dos sonhos mais loucos/bizarros de toda a minha vida. Claro, entrei na primeira rede social para registrar tudo de uma vez, sem ter riscos de perder alguma coisa. E agora eu compartilho com vocês. Mas já vou avisando: é muita briza! Coisa de sonho mesmo!

Sonhei que tinha mudado com os meus pais para a casa de dois andares de um amigo do meu primo (sendo que na realidade esse menino mora num apartamento). A casa tinha dois andares e detalhe: meus pais e eu nem tínhamos visto o que tinha no andar de cima quando compramos a casa, sendo que a nossa decoração no térreo estava impecável. Sendo assim, nos mudamos para a casa sem ver o que tinha no segundo andar.

À noite, que tava todo mundo dormindo, eu estava fazendo uma vistoria no primeiro andar, super feliz por causa da mudança. E então eu tive a brilhante e estúpida ideia de ver o que tinha no segundo andar. Aí eu subi as escadas e me deparei com uma sala cheia de berços e logo no primeiro berço tinha um menino, um bebê, de cabelo longo castanho claro, tentando fugir do berço. Lógico: eu o peguei antes que ele fizesse alguma merda.

Perguntei quem ele era e tudo o mais, mas ele não sabia (mas o impressionante é que ele sabia falar muito bem para uma criança de colo). Quando o peguei no colo eu senti uma coisa gelada e afiada e pensei num filme de terror (não me perguntem por qual razão!). Coloquei ele no chão e fiquei de olho nas mãos dele para ver se ele não tentava nenhuma gracinha. Quando o encostei no chão, o formato da tesoura afiada estava evidente dentro da calça dele.

Falei que antes de descer para falar com os meus pais e ver o que iríamos fazer, eu disse que precisava dar uma olhada para ver o que ele tinha dentro da calca (para não matar todo mundo! Até dormindo eu não sou burro como o pessoal de filme de terror). Ele começou a tirar e recusou, tentando fugir, mas eu o segurei e tirei a calça dele e tinham vários acessórios, principalmente de mulher (o que achei mais estranho ainda), como colar de pérolas, prendedor de cabelo e um monte de bugiganga.

Quando eu terminei de tirar as coisas e consegui ver as pernas e a barriga dele eu percebi que ele tinha uma barriga e patas de cachorro e detalhe: ele era uma fêmea! Perguntei quem era seu antigo dono, quem o/a criou daquele jeito, mas ela/ele não sabia me responder e começou a chorar e me abraçou.

No final de tudo teve terror, drama, trash, suspense. Mas eu só tenho uma conclusão: mano! Tive um sonho MTCHO LOKO!

2 comentários:

Caio McFearless disse...

Mano! Sonho superbizarro mesmo. Que medo de você! Isso, de você! Como confiar numa mente capaz de produzir tais bizarrices?

Ok, brinks! Sonho digno de cineasta, hein? Já pensou em escrever um roteiro com essa história? Huhauahua

Angela Madono disse...

Legal, adorei. Também tenho sonhos meio bizarros, mas tem dois maravilhosos.
O melhor é de um planeta Terra pouco maior do que eu, tipo uma bola de borracha, eu estava agarrada naquela bola com medo de cair pois algo sacudia tudo, depois percebí que era a pulsação da Terra, e aquilo me fazia escorregar, cara, eu ia cair de cima do planeta Terra e cair nas estrelas pois era de noite e o céu estava lindo.