3 de outubro de 2017

NEWSIES - Espetáculo completo do início ao fim


Se você foi criança nos anos 1990, talvez já tenha ouvido falar sobre um filme conhecido como Extra! Extra (Newsies, no original). Estrelado por Christian Bale, Dave Moscow, Bill Pullman, Robert Duvall e Ann-Marget, o filme obteve diversos fãs e foi um fracasso de bilheteria com críticas mistas. Extra! Extra! não conseguiu pagar seu orçamento, sendo um dos piores filmes de arrecadação de bilheteria da Disney. Porém, com a força dos fãs e dos criadores (por acreditarem no material), em 2011 foi realizada uma produção ousada no Papel Mill Playhouse - casa de espetáculo conhecida por abrigar espetáculos antes de estrearem na Broadway. Em 2012, com 8 nomeações ao Tony Awards, o espetáculo musical de Newsies arrebentou todas as expectativas, sendo aclamado pelos fãs antigos, obtendo uma nova legião de fãs e sendo elogiado pela crítica. A adaptação para os palcos foi de extrema qualidade que eternizaram em uma gravação disponível em DVD e Blu-ray (lá fora). E podem ter certeza: Newsies é um musical eletrizante.

A história é sobre os newsies, garotos que entregavam jornais nas ruas de Nova York no início do século XX. Liderados por Jack Kelly, os garotos precisam enfrentar as ordens do dono do jornal, Joseph Plummer, de aumentar o preço dos jornais. Ao aumentar os preços para os newsies, os garotos teriam que vender mais jornais para obter o mesmo faturamento que conseguiam antigamente. E é assim que começa: a GREVE! Juntos, dependerá apenas dos meninos para conseguirem seu objetivo e fazer com que Plummer diminua os preços dos jornais e sem respeitados em sua profissão.
Nunca vi o filme de 1992, contudo, desde 2012 ouço a trilha sonora de Newsies porque ela é eletrizante do começo ao fim. Alan Menken (Hércules, Corcunda de Notre Dame, A Bela e a Fera, A Pequena Sereia, Pocahontas e muitos mais) é um dos melhores compositores que temos hoje em teatro musical e foi o grande responsável pelas canções do filme de 1992 e da peça. Mas foi Havery Fierstein (responsável pelo libreto de A Gaiola das Loucas, Kinky Boots e vencedor do Tony Awards ao originar o papel de eternizado como Edna Turnblad no elenco original de Hairspray) que mudou a história de Newsies e trouxe para os palcos de outra perspectiva. A união de um dos maiores compositores e um dos maiores escritores de musicais da Broadway não poderia dar errado: a história é bem balanceada, trazendo profundidade aos personagens principais de forma eficaz e mostrando que cada um tem algo que os move, que os faz seguir adiante e lutar. As canções expressam, em sua maioria, palavras de ordem, a vontade de Newsies e os sentimentos dos personagens.

Mas sabe o que realmente chama a atenção de Newsies? A coreografia. Já vi diversos Tony Awards - inclusive diversos deles estão completos e disponíveis no Youtube. Contudo, nenhuma coreografia me chamou tanto a atenção como a de Newsies. Mistura de balé, sapateado e acrobacias, a coreografia flui com o espetáculo de forma natural. O que muitos viam nas coreografias do filme Amor, Sublime Amor (o que eu nunca senti, porque sempre achei forçado), eu encontrei em Newsies. É impressionante, cada número em sua peculiaridade. Carrying The Banner, The World Will Know, Once and For All e os ápices de Seize The Day e King of New York! Com as belas canções de Menken e a coreografia de Cristopher Gattelli, Newsies é um show do início ao fim.

Na gravação para os palcos, muitos atores que originaram os papéis retornaram para interpretar seus personagens. Jeremy Jordan (conhecido pela série Smash e também o filme musical Os Últimos Cinco Anos) encarna Jack Kelly e mostra aqui o seu melhor trabalho, o que explica sua indicação ao Tony Awards de 2012. Kara Lindsay tem uma incrível veia cômica e mistura muito bem o carisma com o desejo de liberdade feminista de sua personagem. Ben Frankhauser e Andew Keenan-Bolger também estão muito bem como Davey e Crutchie, respectivamente.

Se você ainda não viu, veja! Newsies é contagiante do início ao fim, uma obra bem cuidada e com a melhor coreografia que eu já vi nos palcos (estando ao lado de coreografias como as de Wicked e O Rei Leão). Claro, para ver o filme por aqui é difícil, uma vez que é necessário ter uma conta internacional para baixá-lo em uma loja virtual estrangeira ou comprar o Blu-Ray. E óbvio, o jeitinho brasileiro está aí. Mesmo eu sendo contra baixar filmes (ainda mais em um momento em que vivemos com Netflix, Telecine Play e HBO Go), para Newsies infelizmente a dificuldade de acesso ao filme é bastante grande. Seria interessante a Disney brasileira trazer para cá Newsies, A Canção do Sul (o que nunca acontecerá pelo histórico nos EUA) e 20 mil léguas submarinas (que passa no Telecine Cult, mas nada de DVD ou Blu-Ray nacionais). Mas oveja Newsies! Aproveite o dia! E veja os garotos de Nova York dançarem e cantarem como poucos conseguem fazer no palco. 

Nenhum comentário: